Papa Francisco reza por cada vida humana, especialmente a mais frágil, indefesa e ameaçada

As palavras do Pontifice no Angelus deste domingo

Cidade do Vaticano, (Zenit.org) | 571 visitas

Apresentamos as palavras do Papa Francisco dirigidas aos fiéis e peregrinos reunidos na Praça de São Pedro neste domingo 16 de junho.

Queridos irmãos e irmãs!

No final desta Eucaristia dedicada ao Evangelho da Vida, tenho o prazer de lembrar que ontem, em Carpi, foi proclamado Bem-aventurado Odoardo Focherini, marido e pai de sete filhos, um jornalista. Capturado e aprisionado por causa do ódio à fé católica, morreu no campo de concentração de Hersbruck em 1944, aos 37 anos. Ele salvou muitos judeus da perseguição nazista. Juntamente com a Igreja em Carpi, damos graças a Deus por este testemunho do Evangelho da Vida!

Agradeço de coração a todos vocês que vieram de Roma e de tantas partes da Itália e do mundo, especialmente as famílias e aqueles que trabalham mais diretamente para a promoção e proteção da vida.

Saúdo cordialmente os 150 membros da Associação "Grávida" - Argentina, reunidos na cidade de Pilar. Muito obrigado pelo que vocês fazem! Coragem e sigam em frente!

Por fim, saúdo os participantes do encontro motociclístico Harley-Davidson e também ao Motoclub da Polícia do Estado.

Voltemo-nos agora à Virgem Maria, confiando cada vida humana, especialmente a mais frágil, indefesa e ameaçada, à sua proteção maternal.