Papa incentiva projetos de paz para Terra Santa

Lança duas pombas, acompanhado de duas crianças

| 1063 visitas

CIDADE DO VATICANO, segunda-feira, 31 de janeiro de 2011 (ZENIT.org) - Bento XVI incentivou, ontem, projetos concretos para a paz na Terra Santa, em tempos de grandes mudanças para o Oriente Médio.

Ao celebrar o último domingo de janeiro, mês de paz, duas crianças (um menino e uma menina) pertencentes à Ação Católica, subiram aos aposentos do Papa para lançar simbolicamente duas pombas, com o aplauso de milhares de peregrinos que se encontravam na Praça de São Pedro.

Nesse dia também se comemorava o Dia Internacional de intercessão pela paz na Terra Santa.

Tomando a palavra, o Papa se uniu ao patriarca latino de Jerusalém, Sua Beatitude Fouad Twal, e ao custódio franciscano da Terra Santa, Pe. Pierbattista Pizzaballa, para "convidar todos a rezar ao Senhor para que permitia a convergência de mentes e corações em projetos concretos de paz".

Comentando sobre as reivindicações sociais que surgiram na Tunísia e no Egito, nas últimas semanas, o Pe. Pizzaballa reconhece que acompanha estas notícias "com grande surpresa, misturada com expectativa e preocupação: expectativa pelo que pode acontecer, porque percebemos que os tempos estão mudando".

"Nenhum de nós poderia imaginar algo assim há alguns meses. Isto significa que há movimentos, especialmente no mundo árabe, que agora se manifestam de maneira externa e visível", acrescenta.

"Este é certamente um sinal positivo, mas também preocupante, pois não sabemos como terminará tudo isso. Nós desejamos que seja com o mínimo possível de violência e derramamento de sangue; e esperamos manter o respeito pelas minorias religiosas", conclui o Pe. Pizzaballa à Rádio Vaticano.