Papa junto a jovens que Taizé reunirá em Bruxelas no final do ano

Quarenta mil jovens de toda a Europa e de outros continentes

| 765 visitas

CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 19 de dezembro de 2008 (ZENIT.org).- Com uma mensagem, Bento XVI quis manifestar sua proximidade aos jovens que a comunidade de Taizé reunirá no encontro de final de ano que convocou em Bruxelas. 

Quarenta mil jovens de toda a Europa e de outros continentes se encontrarão na capital belga, de 29 de dezembro a 2 de janeiro, para receber o novo ano em oração e fraternidade. Trata-se do 31º encontro europeu de jovens animado por esta comunidade ecumênica. 

O Papa, em sua mensagem, sugere aos jovens que se façam esta pergunta durante o encontro: «de que fonte vivemos?». 

«Vós buscais a fonte da esperança para vós mesmos e para o mundo abrindo-vos a Cristo por meio da oração e da escuta da sua Palavra, compartilhando vossas aspirações com jovens de toda a Europa e de outros continentes, fazendo a experiência da Igreja como um lugar de comunhão e amizade para todos», afirma o Santo Padre. 

O Papa se sente próximo dos jovens nessa peregrinação de confiança através da terra, lançada há tantos anos pelo querido irmão Roger, fundador de Taizé. 

«Confio em que vós descobrireis como comunicar a esperança a vosso redor, através de vossa vida comprometida em um mundo no qual há muita pobreza, muita injustiça e muitos conflitos.»

«Deus tem necessidade da vossa fé, da vossa criatividade, do vosso espírito de iniciativa. Para responder ao seu chamado, Ele vos dá a presença do seu Espírito.»

«É Ele que renovará vossas forças quando chegar a fadiga ou o abatimento. Sustentados pelo Espírito Santo, não tenhais medo de testemunhar a esperança que Ele põe em vós. Não tenhais medo de deixar vossos corações crescerem», exorta.