Papa nomeia novo prefeito para Evangelização dos Povos

Dom Fernando Filoni, até agora membro da Secretaria de Estado

| 1562 visitas

CIDADE DO VATICANO, terça-feira, 10 de maio de 2011 (ZENIT.org) - A Santa Sé divulgou hoje a nomeação, por parte do Papa Bento XVI, de Dom Fernando Filoni, arcebispo titular de Volturno, como novo prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos.

Dom Filoni era, até agora, substituto para os Assuntos Gerais da Secretaria de Estado. Ele substituirá o cardeal Ivan Dias, que renunciou por razões de idade.

A Congregação para Evangelização dos Povos é uma das mais antigas da Cúria Romana, pois foi criada por Gregório XV em 1622, com o nome de De Propaganda Fide, diante dos desafios apresentados pelo grande esforço evangelizador na América e na Ásia.

Tem sua sede na Praça da Espanha de Roma e sua missão, desde sempre, é a de coordenar todos os esforços missionários da Igreja, dar diretrizes às missões, promover a formação do clero e das hierarquias locais, fomentar a criação de novos institutos missionários e proporcionar apoio material às atividades missionárias.

A Congregação está constituída atualmente por 49 membros: 35 cardeais, 5 arcebispos, 2 bispos, 4 diretores das Pontifícias Obras Missionárias (POM) e 3 superiores gerais. Existe também um Colégio de Consultores, procedentes de vários países.

Desta Congregação dependem as quatro POM: Propagação da Fé, São Pedro Apóstolo, Santa Infância ou Infância Missionária e União Missionária.

O novo prefeito

Dom Filoni nasceu em Mandoria (Itália), em 15 de abril de 1946, e foi ordenado sacerdote em 1970. É formado em filosofia e direito canônico.

Entrou para o serviço diplomático da Santa Sé em abril de 1981 e trabalhou posteriormente nas representações pontifícias no Sri Lanka e no Irã, na Secretaria de Estado, no Brasil e nas Filipinas.

Em 2001, foi nomeado arcebispo da sede titular de Volturno e núncio apostólico na Jordânia e no Iraque. Recebeu a ordenação episcopal das mãos do próprio João Paulo II.

Em fevereiro de 2006, foi nomeado núncio apostólico nas Filipinas. Em junho de 2007, o Papa Bento XVI o nomeou como substituto dos Assuntos Gerais da Secretaria de Estado.