Papa passará férias no seminário tirolês de Bressanone

Por Inmaculada Álvarez

| 855 visitas

CIDADE DO VATICANO, terça-feira, 17 de junho de 2008 (ZENIT.org).- O Papa Bento XVI passará suas férias de verão, de 28 de julho a 11 de agosto, na localidade tirolesa de Bressanone, na região italiana de Trentino-Alto Adige, segundo informou a «Rádio Vaticano».

Bressanone (Brixen, em alemão) é uma pequena cidade com cerca de 20 mil habitantes no noroeste da Itália; 75% da população tem como primeiro idioma o alemão.

O pontífice se hospedará no Seminário Maior de Bressanone, um histórico edifício com mais de 400 anos, que será considerado como «território extraterritorial» enquanto o Papa estiver nele.

Em uma coletiva de imprensa celebrada ontem em Bressanone, o prefeito da cidade, Albert Purgstaller, e o coordenador diocesano para as férias do Santo Padre, Thomas Sturz, assinalaram que o Papa «vem a Bressanone para encontrar tranqüilidade e para desfrutar de um período de descanso».

«No programa só há dois acontecimentos oficiais: o Ângelus de 3 e de 10 de agosto.»

O prefeito informou, por sua parte, sobre algumas das medidas de segurança que se adotarão em ambas celebrações, nas quais se prevê a participação de cerca de 9 mil pessoas, na praça Duomo e na paróquia de Bressanone. Na preparação dos atos se está levando em conta as pessoas deficientes e os idosos, explicou.

Ambos, prefeito e delegado diocesano, manifestaram a existência de uma «grande colaboração» entre a diocese, a prefeitura e a paróquia de Bressanone, «sinal de uma grande alegria e esperança pela vinda do Santo Padre».