Papa pede “ajuda concreta” para Paquistão

Apelo à comunidade internacional

| 1152 visitas

CASTEL GANDOLFO, quarta-feira, 18 de agosto de 2010 (ZENIT.org) - No final da audiência geral de hoje, o Papa Bento XVI lançou um apelo à comunidade internacional, a favor dos milhões de paquistaneses afetados pelas recentes inundações que atingiram o país.

"O meu pensamento vai neste momento para as queridas populações do Paquistão, atingidas recentemente por graves inundações, que provocaram numerosíssimas vítimas e deixaram muitas famílias sem casa", afirmou o Papa.

Bento XVI pediu "que não faltem a esses nossos irmãos, tão duramente provados, a nossa solidariedade e o concreto apoio da Comunidade internacional".

"Enquanto confio à bondade misericordiosa de Deus todos aqueles que faleceram tragicamente, - disse o Papa - exprimo a minha espiritual proximidade aos seus familiares e a todos aqueles que sofrem por causa dessa calamidade."

As inundações no Paquistão, provocadas por um forte vento, afetaram cerca de 80% do país. Segundo as últimas estimativas, há mais de 20 milhões de pessoas afetadas e pelo menos 1.600 mortos.

Além disso, a água destruiu estradas, pontes e provocou deslizamentos de terras; o risco da fome e das epidemias é grande. Milhões de pessoas perderam tudo o que tinham.