Papa pede ajuda em favor das vítimas do terremoto no Peru

Mais de 300 mortos e mil feridos

| 627 visitas

CIDADE DO VATICANO, quinta-feira, 16 de agosto de 2007 (ZENIT.org).- Bento XVI transmitiu seus pêsames pelas vítimas do terremoto que nesta quarta-feira provocou mais de 300 mortos e mil feridos no Peru, e fez um chamado à solidariedade.



Em um telegrama enviado aos bispos das dioceses atingidas pelo terremoto, o Papa reconhece que se encontra «profundamente triste ao conhecer a notícia» e «oferece sufrágios ao Senhor pelo eterno descanso dos falecidos».

A nota, enviada em seu nome pelo cardeal Tarcisio Bertone, secretário de Estado, pede aos bispos que transmitam os «sinceros pêsames» do Santo Padre «aos familiares dos falecidos» e garante sua «paterna proximidade espiritual aos numerosos feridos e àqueles que estão sem lar».

O Papa «alenta as instituições e pessoas de boa vontade a prestar, com caridade e espírito de solidariedade cristã, a necessária ajuda aos danificados».

No encerramento desta edição, o último balanço publicado pelo Governo peruano elevou o número de vítimas mortais a 337 e a aproximadamente 1.350 feridos pelo grande terremoto de magnitude 7,9 na escala Richter, que sacudiu o centro e sul do Peru.

A maioria das vítimas se encontra em Ica, a 300 quilômetros ao sul de Lima, onde os tremores foram sentidos com especial força. Outras populações afetadas são Chincha e Pisco.

Segundo o Instituto de Geofísica do Peru (IGP), trata-se do sismo mais forte que Lima e as cidades do sul sofreram nos últimos 50 anos.