Papa pede ajuda para vítimas das chuvas no sudeste Asiático

Situação dramática na Índia, Bangladesh, Paquistão e Nepal

| 780 visitas

CIDADE DO VATICANO, quinta-feira, 23 de agosto de 2007 (ZENIT.org).- Caritas Internationalis fez um chamado a difundir a exortação de Bento XVI para sair em ajuda das populações do sudeste asiático.



«Mais da metade de Bangladesh e partes da Índia permanecem sob a água depois de um mês de fortes chuvas. Caritas tem medo de que a situação piore, pois continua chovendo muito em boa parte do sudeste asiático», afirma a instituição católica de ajuda, nesta quinta-feira.

Em 12 de agosto, o Papa fez um chamado a ajudar as populações afetadas há semanas por graves inundações que devastaram vários países do sudeste asiático, causando numerosas vítimas e destruindo as moradias de milhões de pessoas.

«Ao expressar minha profunda participação na dor das populações danificadas, exorto as comunidades eclesiais a rezar pelas vítimas e a sustentar as iniciativas de solidariedade promovidas para aliviar os sofrimentos de tantas pessoas duramente provadas», disse o Santo Padre.

«Que não falte a estes irmãos e irmãs nossos a ajuda tempestiva e generosa da comunidade internacional», exortou.

Denis Baskey, diretor regional da Cáritas Rajshahi em Bangladesh, explica: «ainda há muitas famílias totalmente sem ajuda, que vivem nas ruas, sob as árvores ou em outros edifícios públicos». «Têm necessidade de comida, água, medicamentos. A situação é grave.»

Caritas se mobilizou para oferecer ajuda urgente para alguns dos 30 milhões de desabrigados por causa das chuvas na Índia, Bangladesh, Paquistão, e Nepal.

A devastação do lugar acabou com a vida de aproximadamente 1.800 pessoas na Índia, mais de 150 em Bangladesh e cerca de 100 no Nepal.

Caritas Internationalis lançou um chamado para recolher seis milhões de dólares para assistir as pessoas afetadas pelas chuvas no sudeste asiático.