Papa recebe presidente do Sri Lanka

A Santa Sé augura uma «saída negociada» ao conflito tâmil

| 918 visitas

CIDADE DO VATICANO, segunda-feira, 1º de dezembro de 2008 (ZENIT.org).- O Papa recebeu em audiência nesta segunda-feira o presidente da República Socialista do Sri Lanka, Mahinda Rajapaksa, segundo informou a Santa Sé em um comunicado. 

Posteriormente, o presidente deste país asiático teve um encontro com o secretário de Estado vaticano, cardeal Tarcisio Bertone, e com o secretário para as relações com os Estados, o arcebispo Dominique Mamberti. 

Na conversa, qualificada de «cordial», falou-se, entre outras questões, sobre o conflito que o governo enfrenta há décadas com a Frente de Libertação Tâmil (LTTE), e sobre o qual no início deste ano se assinou um cessar-fogo. 

Reafirmou-se, segundo o comunicado, a necessidade de «consolidar a via do diálogo e das negociações como único caminho para alcançar uma solução política justa e duradoura para o conflito». 

Por outro lado, tratou-se sobre a Igreja Católica, minoritária no país, e a importância de que esta «continue gozando do pleno direito à liberdade religiosa», que lhe permite «oferecer uma contribuição significativa para a vida do país», especialmente nos campos educativos, de saúde e assistencial. 

Também se aludiu à necessidade de «sair ao encontro da população civil», «duramente provada» pelo conflito, e se valorizou «o empenho em favor do bem comum, da reconciliação e da paz» dos católicos cingaleses. 

O Sri Lanka tem mais de 21 milhões de habitantes, em sua maioria (62%) de religião budista, e onde os cristãos de todas as confissões supõem apenas 6,2% da população.