Papa recorda vítimas de catástrofes na Ásia e no Pacífico

Pede que não lhes falte ajuda internacional

| 1262 visitas

CIDADE DO VATICANO, domingo, 4 de outubro de 2009 (ZENIT.org).- O Papa Bento XVI mostrou hoje sua preocupação pelos violentos desastres naturais que atingiram vários países do Sudeste Asiático e do Pacífico ao longo desta semana.

Neste sentido, fez um convite ao mundo inteiro "para que não falte a estes irmãos e irmãs nossa solidariedade e o apoio da Comunidade Internacional".

Assim declarou aos peregrinos reunidos na Praça de São Pedro, após a tradicional oração do Ângelus.

"Meu pensamento se dirige, neste momento, às populações do Pacífico e do Sudeste Asiático, atingidas nos últimos dias por violentas calamidades naturais: o tsunami nas Ilhas Samoa e Tonga; o tufão nas Filipinas, que sucessivamente afetou também o Vietnã, Laos e Camboja; e o devastador terremoto na Indonésia."

"Estas catástrofes causaram graves perdas em vidas humanas, numerosas pessoas sem tento e ingentes danos materiais", observou o Papa.

Também se referiu àqueles "que sofrem por causa das inundações na Sicília (Itália), especialmente na região de Messina".

"Convido todos a se unirem a mim na oração pelas vítimas e por seus entes queridos", pediu o Papa.

"Estou espiritualmente próximo dos refugiados e de todas as pessoas que passam por provações, implorando de Deus o alívio em sua pena", concluiu.