Papa viverá junto aos bispos americanos o aniversário do 11 de setembro

| 726 visitas

CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 10 de setembro de 2004 (ZENIT.org).- João Paulo II recordará este sábado o aniversário do 11 de setembro junto a um grupo de bispos americanos que se encontram em sua qüinqüenal visita ao Papa e à Cúria romana.



Entre os prelados presentes em Roma está o cardeal Justin Francis Rigali, arcebispo da Filadélfia, que, ao recordar os três anos dos atentados contra as Torres Gêmeas de Nova York e o Pentágono, constata que «se estendeu um grande medo não só nos Estados Unidos, mas no mundo todo».

«O papel da Igreja é o de oferecer ao mundo uma grande esperança, uma grande confiança: a esperança e a confiança que procedem do Evangelho», acrescentou esta sexta-feira em uma reflexão realizada aos microfones de «Rádio Vaticano».

«Os fiéis recebem de Cristo sua paz: sua promessa de paz é mais significativa que nunca. Por isto, ao final, não desalentamos: temos um grande desafio, que é o desafio da Igreja», sublinha.

«O desafio de ter confiança na misericórdia do Senhor e de comprometer-nos na oração e na ação, mas sempre com a confiança que procede de Cristo», concluiu.

Em todo o mundo, especialmente nas dioceses dos Estados Unidos, serão celebradas missas em recordação das vítimas dos atentados.