Parte o # HelpAfricanAlbinos, com a bênção do Papa Francisco

Papa registra sete frases para o audiobook 'Sombra branca'. Denuncia o massacre e a perseguição aos albinos

Roma, (Zenit.org) Sergio Mora | 310 visitas

Ser albino na África é uma maldição, são perseguidos, mutilados e mortos. Acredita-se que os seus membros trazem riqueza e fertilidade. Uma espécie de holocausto, que tem suas raízes em antigas histórias relacionadas a cultos primitivos.

Hoje, com a bênção do Papa Francisco após a audiência geral, começou pelo site www.hombrabianca.com, a campanha de sensibilização "Help African Albinos”.  Com um APP é possível 'doar' a ​​própria voz, para juntar-se, simbolicamente, às pessoas que vão denunciar isso através de um "audiobook". O Santo Padre já o fez. Ele gravou sete frases de um personagem, um padre na África que decide lidar com o problema.

A notícia foi divulgada hoje, na sala de imprensa do Vaticano, pelo autor do livro Christian Gentili e o jornalista Max Mizzau.

Portanto, é possível ouvir a voz do Papa e também gravar qualquer  frase deste audiobook. A campanha internacional utiliza a hashtag  #HelpAfricanAlbinos com o pedido em seis línguas para manifestar proximidade e pedir uma ajuda concreta para os albinos africanos, que será administrado por médicos da África-CUAMM.

O escritor italiano Sr. Gentili, 40 anos, decidiu sensibilizar o mundo sobre esta questão. De 4000 e-mails enviados no ano passado, uma pessoa respondeu: Papa Francisco. A partir daí nasceu uma amizade e a participação no simpósio da Academia Pontifícia de Ciências. Pouco depois ele foi recebido na residência de Santa Marta, onde o Papa gravou sete frases para o audiobook.

Depois de várias viagens e reportagens nas regiões africanas, Gentili escreveu este romance-denúncia sobre o assunto - “Hombra bianca" (Sombra branca)- para conscientização em relação a essa tragédia, muitas vezes esquecida pela mídia do Ocidente.

(Trad.:MEM)