Passeios inspirados em Dom Bosco

Projeto educacional do Serviço Nacional de Turismo Jovem Salesiano

| 873 visitas

Eugenio Fizzotti

ROMA, sexta-feira, 8 de junho de 2012 (ZENIT.org) - O diretor da pastoral da juventude salesiana do sul da Itália, dom Fabio Bellino, enviou para todos os salesianos das regiões da Campânia, Puglia e Calábria detalhes a respeito de um projeto do TGS (Escritório Nacional de Turismo Jovem Salesiano), apoiado pelo Departamento de Juventude da Presidência do Conselho de Ministros. O objetivo do projeto é reavivar a experiência dos passeios de Dom Bosco, adaptando-os para as diversas partes da Itália de hoje.

Espera-se a participação de 13 regiões do país. Dentro de cada uma, o projeto pretende criar uma espécie de intercâmbio cultural entre as várias realidades de uma mesma região. A iniciativa visa a revelar a beleza e a cultura da própria terra aos jovens das escolas salesianas do sul da Itália e, mantendo o estilo da espiritualidade juvenil salesiana, incentivá-los à compreensão mútua e ao engajamento com os outros, enriquecendo-os com novas experiências.

Na mensagem publicada, dom Bellino destaca que cada centro participante deve designar um representante para formar a equipe regional, apoiada pelo coordenador nacional do projeto. A equipe local será responsável por identificar as iniciativas mais adequadas dentro do seu território.

Cada centro salesiano do sul da Itália terá cinco reuniões de coordenação regional, e cada equipe regional identificará uma pessoa de contato que será encarregada de cooperar com o coordenador Nacional. Esta pessoa será chamada a pelo menos três sessões de formação previstas no projeto.

Considerando-se a experiência de Dom Bosco, o termo "passeio" deve ser entendido como um encontro de grupos de jovens de uma ou de várias cidades, numa experiência de alegria, de amizade e de espiritualidade, além de ser uma oportunidade para conhecer as tradições e a história dos locais de realização.

A original e educacionalmente rica iniciativa tem a meta de fortalecer as relações interpessoais, o conhecimento da história e da geografia da própria região e identificar projetos que ajudem no amadurecimento existencial dos jovens, que, com entusiasmo e gratidão, frequentam os centros salesianos e participam das atividades educativas sistematicamente propostas a eles.

Tradução ZENIT português