Patriarca latino defende identidade multirreligiosa de Jerusalém

Ele condena a irrupção de extremistas na Esplanada das Mesquitas

| 1037 visitas

JERUSALÉM, quinta-feira, 23 de julho de 2010 (ZENIT.org) – Sua Beatitude Fouad Twal, patriarca latino de Jerusalém, condenou a irrupção nessa segunda-feira de um grupo de extremistas judeus israelenses na Esplanada das Mesquitas (Monte do Templo).

“Esta provocação abala a convivência religiosa e deteriora a situação política já por si mesma tensa”, afirma o patriarca, em comunicado enviado nessa quinta-feira a ZENIT.

Dom Fouad Twal deplora “toda ação que busque modificar a identidade multirreligiosa de Jerusalém”, afirma a nota.

Segundo o patriarca, “nesta cidade, que é santa para as três religiões monoteístas, todo grupo de crentes deve respeitar os direitos históricos e os sentimentos religiosos dos demais. Estes atos, no entanto, destroem a confiança e acendem as paixões religiosas”.

Portanto, o patriarca latino pede ao governo israelense que puna os autores e garanta que estes atos não voltem a acontecer.