Peregrinos da JMJ participam de Adoração Eucarística

Jovens com bandeiras e faixas de diferentes países e movimentos lotaram a igreja Nossa Senhora de Copacabana

Rio de Janeiro, (Zenit.org) | 548 visitas

Cerca de 800 jovens ocuparam todos os lugares e corredores da igreja na Adoração Eucarística realizada na noite do dia 25/07, como parte da programação da Jornada Mundial da Juventude. O momento foi conduzido pelo bispo de Barra do Piraí, D. Francisco Biazini, e teve a presença dos pais da beata Chiara Luce,  Ruggero e Maria Tereza Badano.

A Adoração foi organizada por membros do Movimento dos Focolares de quatro cidades: Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre e Belo Horizonte. Como conta Ana Paula Oliveira, de Brasília: “Desde o início de 2012 experimentamos a presença de Jesus entre nós. Apesar de estarmos distantes um dos outros e de nos falarmos só por telefone e e-mail, estávamos prontos a dar a vida pelo irmão, a escutar o outro e perder a nossa própria ideia”.

A reflexão principal da Adoração foi “como o relacionamento com Jesus Eucaristia impulsiona o relacionamento com o irmão”. Foi apresentado o Movimento dos Focolares e o Movimento “Jovens por um Mundo Unido”. Além disso, foram contadas experiências e os jovens ainda tiveram a oportunidade de fazer algumas perguntas aos pais de Chiara Luce.

Ruggero e Maria Tereza Badano lembraram que Chiara Luce sempre teve um relacionamento muito forte com Jesus Eucaristia, mesmo antes de adoecer, e de como ela sempre via Jesus no irmão. “Certa vez, ao sairmos da missa, encontramos um amigo que não acreditava em Deus. Então ele falou para Chiara: ‘Eu nunca vi Jesus, Chiara. Jesus não existe’. Chiara respondeu com muito Amor: ‘é verdade, eu também jamais vi Jesus, mas eu o vejo em você’. Nesse momento, entendemos que para viver o cristianismo precisávamos ser corajosos e amarmos o próximo como Chiara. Depois que ela partiu para o céu, passamos a encontrar esse amigo na igreja. Ele escreveu uma poesia muito bonita, converteu-se e batizou os filhos. Agora ele está no céu com Chiara”, concluiu Maria Tereza Badano.

Em clima de família, os jovens rezaram o terço em cinco línguas: inglês, francês, italiano, português e espanhol. Ao final, notava-se a alegria no rosto de cada um e a renovação do propósito de amar ao próximo como Jesus.

Enviado por Carla Cotignoli