"Peregrinos da Paz, vamos rezar com nossos irmãos"

150 pessoas de toda a Itália rumo a Terra Santa junto com Salvatore Martinez e a Renovação

Roma, (Zenit.org) Redacao | 418 visitas

A missão da Renovação no Espírito Santo não para na Terra Santa, apesar das dificuldades causadas pelo conflito que estes dias sitia a Faixa de Gaza e Israel. Também este ano, o Movimento propõe a Peregrinação Nacional para a Terra Santa saindo da Itália em 31 de julho, com retorno previsto para 7 de agosto.

Acompanhado de meditações espirituais do presidente nacional Salvatore Martinez e guiado pelos diretores espirituais Pe. Guido Pietrogrande, Pe. Patrizio Di Pinto, Pe. Giovanni Alberti, Pe. Fulvio Bresciani e Pe. Vincenzo Apicelli, 150 participantes de toda a Itália renovarão a fé nos passos dos profetas, de Jesus, da comunidade cristã primitiva, de Nazaré até Jerusalém.

O programa que propõe  experiências espirituais em lugares importantes como o Monte Carmelo, a Igreja de São Gabriel e Antiga Fonte, a Basílica da Anunciação, Caná da Galiléia, o Monte Tabor, o Monte das Bem-Aventuranças, o rio Jordão, Tabgha, Cafarnaum, Qumran, Jericó, Wadi Kelt, termina com um itinerário preciso em Jerusalém.

A peregrinação será uma ocasião especial para a comunhão e partilha com as comunidades cristãs presentes nas cidades previstas no programa, como vivido nos anos anteriores. Haverá também alguns momentos especiais de oração pela paz na Terra Santa, para oferecer aos irmãos que vivem as dificuldades cotidianas gestos concretos de proximidade e solidariedade.

A iniciativa também será enriquecida com alguns encontros especiais: com Mons. Fouad Twal, Patriarca Latino de Jerusalém, Dom. Giuseppe Lazzarotto, Núncio Apostólico em Israel; Mons. William Hanna Shomali, vigário patriarcal para Jerusalém, Mons. Giacinto-Boulos Marcuzzo, vigário patriarcal para Israel, com o Padre Pizzaballa OFM, guardião da Terra Santa e os membros do  grupo da Renovação "Espírito e Força", de língua árabe, no Convento do Arcanjo Gabriel Mujedel - Migdal Ha 'Emeq.

Partindo para a Terra Santa, o presidente Martinez sublinhou "a importância de repetir também este ano a experiência da tradicional peregrinação para a Terra Santa, uma terra que parece não conhecer a paz e pela qual não devemos dar trégua na oração".

"Uma grande fé - disse Martinez – anima os peregrinos que se tornam embaixadores de oração e de paz" no contexto histórico que vivemos. 150 pais, mães, crianças, idosos, irmãs e irmãos que, com coragem, mais do que se deixar levar pelo medo da morte, se deixam impulsionar pelo Espírito para tornar-se profecia de vida, sinal visível de fraternidade para com aqueles que sofrem e que esperam,  um exemplo humilde de proximidade aos nossos irmãos e irmãs perseguidos por causa da injustiça humana”.

A Renovação tem uma ligação especial com a Terra Santa por causa do trabalho em desenvolvimento no Centro Internacional para a Família de Nazaré, projeto confiado pela Santa Sé ao Movimento, através do estabelecimento de uma Fundação  Vaticana ("Centro Internacional para a Família de Nazaré" ), presidido por Salvatore Martinez nomeado para trabalhar pela edificação do Centro que será construído no topo da colina com vista para Nazaré.

A estrutura será um centro de espiritualidade familiar que acolherá famílias de peregrinos na Terra Santa, bem como de formação para a vida parental e familiar, de pastoral e de preparação para a Nova Evangelização. 

(Trad.:MEM)