PERU: A adequação dos Estatudos da Universidade Católica não se opõem à Constituição

Declarações de monsenhor Javier del Río no Vaticano

| 708 visitas

CIDADE DO VATICANO, sexta-feira 24 de fevereiro de 2012 (ZENIT.org).- Monsenhor Javier del Río, porta-voz da Conferência Episcopal Peruana, declarou no Vaticano que a adequação dos Estatutos da Pontifícia Universidade Católica do Peru (PUCP), para o que estabelece a Santa Sé, não se opõe à Constituição peruana.

O Arcebispo metropolitano de Arequipa e porta-voz da Conferência Episcopal Peruana, monsenhor Javier Del Río – informa a Assessoria de Comunicações da Arquidiocese de Lima – disse que o secretário de Estado do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone, expressou sua confiança em que o reitor da PUCP, Marcial Rubio, possa transmitir fielmente o desejo do Santo Padre para a universidade, e em poucos dias tenham resultados favoráveis ​​que garantam a identidade católica da universidade, pelo bem da mesma universidade e pelo bem do país que tanto deve a esta universidade e que teve, ao longo de muitas décadas, uma identidade católica que contribuiu grandemente na formação dos profissionais peruanos.

Monsenhor Del Rio fez estas declarações logo após a sua reunião com o cardeal Bertone, na qual também participaram o presidente da Conferência Episcopal Peruana, monsenhor Salvador Piñeiro e monsenhor Giovanni Angelo Becciu, membro da Secretaria de Estado do Vaticano.

Del Rio acrescentou que o Cardeal Bertone informou-lhes brevemente sobre a reunião tida com o Dr. Rubio, e o conteúdo da carta que lhe foi dada, e que espera que a universidade finalmente adapte os seus estatutos à Ex Corde Ecclesiae (Constituição Apostólica do Papa João Paulo II sobre as Universidades Católicas).

"Temos visto, como tem sido feito antes com vários estudos de juristas, que não há nenhuma dificuldade para que os estatutos da PUCP possam ser adaptados, porque não estão contra a Constituição Política do país, nem contra a Lei Geral das Universidades ou do sistema legal vigente, uma vez que no âmbito do acordo internacional (Concordato) entre a Santa Sé e a República do Peru existe a possibilidade de que a Igreja católica tenha instituições educacionais de diferentes níveis, adaptando-se obviamente às próprias normas da Igreja que, como temos visto, não estão em contradição com as do próprio país”, concluiu monsenhor Del Río.

[Tradução Thácio Siqueira]