Polônia: avante com a Nova Evangelização

O periódico "Niedziela" apresenta um site com entrevistas dos Bispos polacos em "visita ad limina" ao Papa Francisco

Roma, (Zenit.org) Don Mariusz Frukacz | 467 visitas

O periódico polonês "Niedzela" lançou uma página especial na web dedicada a 'visita ad limina Apostolorum’ dos bispos poloneses ao Papa Francisco. Os leitores do jornal e do site podem encontrar entrevistas com bispos e notícias das visitas, bem como, outras informações e projetos que foram discutidos com o Papa durante a visita.

Nas entrevistas, os bispos apresentam os temas a serem abordados, os problemas a serem resolvidos e as soluções para o crescimento da propagação da fé católica. Entre os temas de especial relevância estão as atividades dos leigos na evangelização, as relações entre o Estado e a Igreja, a educação, a pastoral familiar, o papel dos meios de comunicação de massa.

"O empenho dos leigos católicos na nova evangelização na Polônia é visto com satisfação pelo Vaticano", destacou Mons. Józef Kupny, Metropolita de Wrocław. "A Igreja polonesa tem muito a dizer para os jovens e os jovens têm muito a dizer à Igreja". O Bispo Wiesław Lechowicz, por sua vez, falou sobre o problema dos emigrantes poloneses que vivem no exterior; uma questão importante que Papa Francisco expressou "grande preocupação". "A enorme migração de pessoas, especialmente católicos, não pode permanecer indiferente à Igreja", sublinhou o prelado.

Durante a "visita ad limina", o Mons. Wojciech Polak, secretário-geral da Conferência Episcopal Polaca, confirmou que "os bispos falaram sobre questões relacionadas à perda de Deus, a secularização, o fenômeno de anti- clericalismo e os ataques e acusações contra a Igreja". O arcebispo Józef Michalik, presidente da Conferência Episcopal Polonesa, enfatizou que: "A Igreja na Polônia sustenta e nutre uma forte devoção mariana. Há uma riqueza espiritual que tem muito a oferecer à Igreja universal. "Por este motivo, o prelado disse que estava "otimista em relação ao futuro da Igreja polonesa".

Por fim, o arcebispo Józef Kowalczyk, Primaz da Polônia, revelou como "o Santo Padre centrou-se sobre o tema da catequese dos adultos e a frequência e a celebração do sacramento da reconciliação, argumentando que a sua ideia de misericórdia está conectada com o visão de santa Irmã Faustina Kowalska".

Informações: http://www.niedziela.pl/tag/1265?tag=ad-limina

(Trad.MEM)