Pontifícia Academia para a Vida realiza congresso no Brasil

| 444 visitas

BRASÍLIA, terça-feira, 4 de novembro de 2008 (ZENIT.org).- A Pontifícia Academia para a Vida realiza em Itaici (Indaiatuba, São Paulo), de 25 a 28 de novembro, o Congresso Internacional «Pessoa, cultura da vida, cultura da morte». 

O evento será realizado pela primeira vez fora de Roma e tem a parceria da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

Padre Aníbal Gil Lopes, médico e professor na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), membro da Academia, disse que um dos temas a serem debatidos no Congresso é a eutanásia.

Trata-se de «um tema candente particularmente na Europa e que no Brasil já toma seus primeiros passos», afirmou à Sala de Imprensa da CNBB.

«As grandes questões ligadas à vida se concentram no início e no término da vida. O aumento da expectativa da vida traz um problema econômico, ligado às aposentadorias, às pensões e a uma redução progressiva da taxa de natalidade. Todas essas abordagens conduzem à legalização da eutanásia, que já ocorreu em diversos países da Europa», disse.

Padre Aníbal considera que uma reflexão comum pode ajudar a resolver os desafios no campo da Bioética que aparecem na América Latina.

«Em todos os países da América Latina, os mesmos projetos de leis são apresentados simultaneamente. Uma reflexão comum pode permitir que os nossos argumentos sejam mais bem fundamentados, mais claros, mais convincentes. Acho que o congresso pode ser um subsídio importante nesta reflexão, não só para o nosso país como para a América Latina», afirmou.