Por um maior respeito mútuo, confiança e colaboração com hinduístas

Mensagem do Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-Religioso na festa Diwali

| 1110 visitas

CIDADE DO VATICANO, quinta-feira, 28 de outubro de 2010 (ZENIT.org) - O Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-Religioso enviou aos hinduístas sua tradicional mensagem de felicitação pela Diwali, que muitos hinduístas celebrarão este ano, no dia 5 de novembro.

O texto, intitulado "Cristãos e hinduístas: para crescer no respeito mútuo, na confiança e na cooperação", foi divulgado hoje pela Sala de Imprensa da Santa Sé.

"Nesta ocasião, eu gostaria de refletir sobre a melhor maneira de fortalecer nossa amizade e cooperação, garantindo e aumentando mutuamente o respeito e a confiança", indica o presidente do conselho pontifício, cardeal Jean-Louis Tauran, após desejar uma boa festa aos hinduístas.

Na mensagem, o cardeal se refere ao respeito mútuo como a "um dos fundamentos para uma coexistência pacífica e harmônica, assim como para o progresso da sociedade".

"O respeito é a dignidade devida à dignidade que pertence por natureza a toda pessoa, independentemente de qualquer reconhecimento exterior - indica a mensagem. A dignidade implica no direito inalienável de todo indivíduo a ser protegido de toda forma de violência, negligência ou indiferença."

Sobre a confiança, o purpurado destaca que "nutre toda relação humana autêntica, tanto pessoal como comunitária".

"A confiança recíproca, além de criar um ambiente que conduz ao crescimento e ao bem comum, forma a convicção mútua de que podemos contar uns com os outros para alcançar um objetivo comum", sublinha a mensagem.

A seguir, o cardeal Tauran aplica esta reflexão ao âmbito do "apreço e promoção do diálogo e das relações inter-religiosas", indicando que "sabemos bem que o respeito e a confiança não são extras opcionais, mas sim os verdadeiros pilares nos quais se eleva o edifício do nosso compromisso".

Citando o discurso que Bento XVI dirigiu a delegados de diversas tradições religiosas no dia 25 de abril de 2005, explica que esta tarefa consiste em "converter-nos juntos em artesãos da paz, em um compromisso recíproco de compreensão, respeito e amor".

Finalmente, a mensagem da Santa Sé aos hinduístas deseja que, "como pessoas preocupadas conjuntamente pelo bem-estar dos indivíduos e das comunidades, possamos dar uma maior visibilidade, com todos os meios ao nosso alcance, a uma cultura que promova o respeito, a confiança e a cooperação".

A festa Diwali, celebrada anualmente por todos os hinduístas, é conhecida como Deepavali, isto é, "fileira das lâmpadas de óleo".

"Simbolicamente baseada em uma antiga mitologia, representa a vitória da verdade sobre a mentira, da luz sobre as trevas, da vida sobre a morte, do bem sobre o mal", explica a Sala de Imprensa da Santa Sé.

A celebração dura 3 dias e indica o início de um novo ano, a reconciliação familiar - especialmente entre irmãos e irmãs - e a adoração a Deus.