Portugal: Associação «Juntos pela Vida» luta contra «pílula do dia seguinte»

| 486 visitas

LISBOA, quarta-feira, 12 de janeiro de 2006 (ZENIT.org).- A Associação «Juntos pela Vida» (AJPV), de Portugal, acusa de erro a Associação Nacional de Farmácias (ANF) ao distribuir um folheto informativo que afirma que a ‘pílula do dia seguinte’ «não é abortiva» e «não provoca aborto».



Em comunicado enviado à imprensa, a associação apela a todos os farmacêuticos que «boicotem a venda dessa pílula», refere Agência Ecclesia.

Neste comunicado, a AJPV lembra que, «de acordo com a informação científica atual, a ‘pílula do dia seguinte’ pode atuar como abortivo, quer seja tomada depois da ovulação quer seja tomada antes da ovulação».

Assim, AJPV apela à ANF para que «retire de circulação o seu folheto» e produza um folheto «cientificamente correto, honesto e responsável».

Apela ainda aos farmacêuticos que «retirem das suas farmácias os folhetos da ANF» e pressionem esta associação «para que passe a produzir folhetos honesto e responsáveis».

O mesmo comunicado pede também «a todas as pessoas que deixem de comprar medicamentos em farmácias que apresentem estes folhetos» da ANF.