Prefeitura apresenta esquema para eventos da JMJ no fim de semana

A tradicional rota de peregrinação será mantida, num trajeto de 9,5 km

Rio de Janeiro, (Zenit.org) | 404 visitas

A Prefeitura do Rio apresentou nesta sexta-feira (26/07) o esquema de operação da cidade para os eventos deste fim de semana da Jornada Mundial da Juventude, transferidos de Guaratiba para a Praia de Copacabana. O prefeito Eduardo Paes, o secretário municipal de Transportes, Carlos Roberto Osorio, o diretor de Operações da CET-Rio, Joaquim Dinis, e o diretor dos atos centrais da JMJ, Padre Renato Martins, explicaram as adequações que serão feitas para essa transferência de local.

Rotas de peregrinação podem ser descarregadas aqui

O prefeito destacou a importância da compreensão dos moradores de Copacabana que vão receber, em uma semana, o equivalente a cinco réveillons. Ele garantiu que a rota de peregrinação, momento tradicional das jornadas mundiais da juventude, será mantida, num trajeto de 9,5 km, com início na Central do Brasil, passando pela Av. Presidente Vargas, Av.Rio Branco, Aterro do Flamengo, Enseada de Botafogo, Av. Lauro Sodré e Av. Atlântica. 

A Vigilía no sábado à noite está mantida e será permitido que os jovens durmam na Praia de Copacabana, sendo que os peregrinos que optarem por voltar para casa terão transporte público à disposição. Ônibus, trens e metrô funcionarão 24h.

Haverá sinalização por todo o trajeto da rota de peregrinação e a distribuição dos kits peregrinos (somente para os inscritos) acontecerá no sábado, no Aterro do Flamengo, na altura do Monumento aos Pracinhas. Amanhã, o estacionamento na pista lateral da Pres. Vargas, em direção à Saara, ficará proibido.

O metrô vai funcionar sem esquema de bilhetes antecipados, sendo permitida a utilização de todos os tipos de cartões, inclusive peregrino. Quatro estações ficarão fechadas (Presidente Vargas, Cinelândia, Catete e Cantagalo) para agilizar o deslocamento das pessoas.

É uma honra receber o Papa na nossa cidade e tem sido lindo ver tantas demonstrações de fé e tantos jovens circulando pelas ruas por estes dias. Não podemos transformar essa decisão de transferir o local do Campo da Fé num enorme problema. Todas as medidas necessárias já estão sendo tomadas, como sinalização, remanejamento de agentes de trânsito, guardas municipais, Comlurb, Rioluz, banheiros químicos, postos de saúde e de informações aos peregrinos. Todos os serviços básicos também serão reforçados na região - disse Paes, que afirmou que a Prefeitura do Rio está trabalhando para diminuir o impacto da transferência da Vigília e da Missa de Envio de Guaratiba para Copacabana e repetiu que não há investimento de dinheiro público na estrutura do Campo da Fé em Guaratiba.

Quero destacar mais uma vez que não houve nenhum investimento de recursos públicos para o evento de Guaratiba. Só entramos com os serviços. Todo o investimento foi da igreja católica, com aporte de financiamentos privados, doações e arrecadação da venda dos kits peregrinos.

Os fechamentos das vias começarão a partir da meia-noite desta sexta-feira, com a interdição do Aterro do Flamengo para a montagem da estrutura dos estandes que vão distribuir os kits peregrinos. A partir das 7h de sábado, as outras vias também serão bloqueadas da Central até Copacabana para a passagem dos peregrinos que irão para a Vigília.

No trecho da Av. Lauro Sodré, em frente ao shopping Rio Sul, duas faixas serão destinadas aos veículos (faixas amarelas na apresentação) e as outras exclusivamente para pedestres e peregrinos. Os fechamentos em Copacabana começarão no sábado, às 12h, e vão até as 19h de domingo. A partir deste horário, a prefeitura estima que já tenha havido a dispersão das pessoas que foram assistir à missa.

Por dia, a prefeitura disponibilizará 1600 agentes (CET-Rio e GM), 32 painéis de mensagens variáveis para informar a população, 25 reboques, 70 motocicletas e 60 veículos operacionais.

Ipanema e Leblon contarão com área de lazer montada nos dois dias (sábado e domingo), a partir das 12h. Para a saída de Copacabana, no sábado após 21h, e domingo após 12h, serão montados os bolsões de estacionamento de ônibus na Enseada de Botafogo e Ipanema.

A chegada na Central do Brasil para rota de peregrinação deverá ser feita através de trem, metrô e ônibus. Para quem vem da Zona Oeste, o BRT Transoeste estará operando a plena capacidade na ligação Santa Cruz-Alvorada, com reforço de ônibus alimentadores. Pedimos a compreensão de todos e que utilizem sempre o transporte público – explicou Carlos Roberto Osorio. 

Limpeza urbana


A Comlurb disponibilizará 4 mil contêineres na pista lateral da Avenida Presidente Vargas (entre a Central do Brasil e a Avenida Rio Branco), na Avenida Rio Branco, Aterro do Flamengo, Avenida Lauro Sodré, Avenida Princesa Isabel, Avenida Atlântica e principais ruas de Copacabana. Na rota de peregrinação, a Companhia determinará pontos de recebimento de lixo com 20 a 40 contêineres a cada 400 metros, facilitando assim o descarte de resíduos. Ainda na rota de caminhada, 234 equipamentos estarão disponíveis apenas para coleta de matérias recicláveis. A operação contará com 2.170 garis para a limpeza de toda a área do evento/caminhada e será intensificada no dia 29 de julho, data de encerramento do evento.

Saúde


A Secretaria Municipal de Saúde terá esquema de atendimento que funcionará durante todo o final de semana, 24 horas por dia. Em Copacabana, serão montados sete postos pré-hospitalares, que contarão com 67 leitos e 29 ambulâncias para remoções, caso seja necessário. Além disso, 210 profissionais trabalharão no atendimento, sendo 91 médicos, 28 enfermeiros e 91 técnicos de enfermagem. Os postos ficarão localizados nas ruas Princesa Isabel, Praça do Lido, Rua Paula Freitas, Rua Santa Clara, Rua Xavier da Silveira, Rua Souza Lima e Backstage.


Para a rota de Peregrinação (Central-Copacabana) serão montados três postos, que contarão com oito leitos. Além disso, oito ambulâncias ficarão disponíveis para atender os peregrinos. O esquema de atendimento contará com 20 profissionais de saúde, sendo oito médicos, quatro enfermeiros e oito técnicos de enfermagem. Os postos ficarão localizados no MAM, Porcão e Posto BR. A Central de Regulação da Prefeitura vai atuar durante todo o evento.

 Guarda Municipal


A Guarda Municipal do Rio de Janeiro (GM-Rio) terá 2.200 guardas atuando exclusivamente nos eventos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) nas operações de fim de semana. O maior efetivo será utilizado em Copacabana, que terá no total 1.200 agentes, em turnos, para garantir o ordenamento urbano e de trânsito e assegurar uma celebração tranquila aos peregrinos.

Além de Copacabana, os guardas municipais trabalharão em módulos operacionais instalados em pontos estratégicos da cidade, em função dos deslocamentos do Papa e do fluxo de peregrinos pela cidade.
O efetivo que faz o patrulhamento de rotina das demais vias da cidade continuará atuando normalmente, de forma paralela e independente do empregado nos eventos da JMJ.
 

Vigília

Para a vigília em Copacabana a GM-Rio iniciará o esquema de patrulhamento às 6h, com ações preventivas e vai estender o procedimento ao longo do dia com guardas posicionados em pontos estratégicos.
O esquema de patrulhamento da GM-Rio também vai contar com guardas bilíngues, que falam inglês, espanhol, francês e alemão, posicionados na Av. Atlântica com a Rua Figueiredo de Magalhães e na Praça do Lido. Eles darão informações sobre locomoção e mobilidade para peregrinos de outras. nacionalidades.

http://www.rio.rj.gov.br/web/guest/exibeconteudo?id=4267237

 (Fonte: Rio2013.com)