Presidente da Romênia agradece Papa pelo trabalho da Igreja em favor dos imigrantes

| 1174 visitas

CASTEL GANDOLFO, segunda-feira, 8 de setembro de 2008 (ZENIT.org).- No sábado passado, 6 de setembro, o Papa recebeu em Castel Gandolfo o presidente da Romênia, Traian Basescu, sua esposa e os membros de seu séquito.

Segundo informou a Sala de Informação da Santa Sé, o presidente romeno foi recebido também pelo secretário de Estado, cardeal Tarcísio Bertone, e pelo secretário para as Relações com os Estados, Dom Dominique Mamberti, em um encontro qualificado como «cordial».

Durante este encontro, trataram várias questões, especialmente a relação da Igreja Católica com o governo e com a Igreja Ortodoxa, da qual ambas partes esperam «um crescimento da compreensão e colaboração recíprocas».

Por outro lado, falou-se das dificuldades dos imigrantes romenos em outras nações e da ajuda que estão recebendo por parte das instituições da Igreja Católica, algo que o presidente da Romênia reconheceu e apreciou.

Em terceiro lugar, tratou-se sobre a integração da Romênia na União Européia, sobre a «identidade espiritual, cultural e social» da Europa e sobre a afinidade de algumas posições entre ambos estados.

A questão dos imigrantes romenos foi tratada há quase um ano, durante a visita ao Papa do anterior presidente romeno, Calin Popescu-Tariceanu, em 7 de novembro de 2007.

Naquele momento, em que na Itália crescia o debate sobre a imigração romena após o assassinato de uma mulher italiana nas mãos de um imigrante desse país, o presidente Popescu agradeceu ao Papa pelo trabalho da Igreja a favor dos imigrantes.