Prior da Comunidade Ecumênica de Taizé foi recebido pelo Papa

Francisco expressou a profunda estima que sentia pelo fundador, irmão Roger

Roma, (Zenit.org) Redacao | 280 visitas

O irmão Alois, prior de Taizé, foi recebido pelo Papa Francisco no Vaticano quinta-feira 28 de Novembro. Foi a sua primeira audiência privada com o novo Papa. Conforme nota publicada pela Comunidade de Taizé, o prior tinha sido recebido todos os anos por Bento XVI, bem como antes o irmão Roger, que ia todos os anos a Roma para encontrar os Papas João XXIII, Paulo VI e João Paulo II.

O irmão Alois falou ao Papa do acolhimento de jovens em Taizé e da Peregrinação de Confiança que a Comunidade anima com jovens de todos os continentes. Também apresentou ao Papa a procura ecumênica que se vive em Taizé, pondo em evidência que o baptismo já une todos os cristãos.

O Papa Francisco expressou a profunda estima que sentia pelo irmão Roger, fundador de Taizé, e encorajou fortemente a Comunidade a continuar o caminho que esta iniciou.

A Comunidade ecumênica de Taizé nasceu em Borgonha, em 17 de abril de 1949, fundada pelo teólogo reformado Roger Schutz. Os inícios da comunidade, contudo, se remontam aos dias da Segunda Guerra Mundial. A Comunidade é conhecida não só por seus objetivos ecumênicos, mas também por suas orações e cânticos, que foram traduzidos a muitos idiomas.

(MEM)