"Profunda dor" na Ordem de São Camilo pela prisão do Superior

Padre Renato Salvatore foi preso ontem, juntamente com outras cinco pessoas, acusado de ter sequestrado dois irmãos que impediriam sua reeleição como Superior Geral

Roma, (Zenit.org) | 1209 visitas

A notícia da prisão de Padre Renato Salvatore, Superior Geral dos Camilianos, foi dada nesta quarta-feira (6). O religioso recebeu uma ordem de prisão preventiva sob acusação de ter impedido a dois irmãos de votar para eleger o novo Superior da Ordem, em maio passado. Os dois sacerdotes se opunham à extensão do mandato de padre Salvatore, o qual teria encenado um falso controle da polícia judiciária para bloqueá-los, com a ajuda de outras cinco pessoas.

Entre eles, os investigadores relataram aquele que parece ser o responsável pela operação, ou o "mentor” Paolo Oliverio, que – conforme indagação- era o administrador dos hospitais da Ordem, sobretudo, na região da Campânia e Sicília.

No comunicado de imprensa da Ordem dos Camilianos lê-se: “Com grande surpresa e profunda dor recebemos a notícia de que nosso Superior Geral foi levado à Delegacia para responder sobre fatos a ele atribuídos”.“Vivemos este momento em oração e com a confiança de que se possa esclarecer esse episódio” e “convidamos os co-irmãos e toda a grande família de São Camilo a unirem-se a nós na oração pelo nosso Padre Geral”.