Progressos significativos na Comissão Santa Sé-Israel

Segundo um comunicado após a reunião plenária realizada ontem

| 940 visitas

CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 15 de junho de 2011 (ZENIT.org) - A reunião da Comissão Bilateral Permanente de Trabalho entre a Santa Sé e o Estado de Israel, realizada ontem, registrou progressos muitos significativos.

É o que afirma uma nota divulgada ao término do encontro deste organismo, realizado em sessão plenária no Palácio Apostólico Vaticano para continuar as negociações com base no artigo 10 §2 do Fundamental Agreement entre ambos os Estados, sobre assuntos econômicos e fiscais.

O encontro foi presidido, por parte católica, por Dom Ettore Balestrero, subsecretário para as Relações com os Estados; e por parte israelense, por Danny Ayalon, M.K, vice-ministro de Assuntos Exteriores de Israel.

“As negociações aconteceram em uma atmosfera aberta, amistosa e construtiva, registrando progressos muito significativos”, sublinha o comunicado vaticano.

“As partes acordaram os passos futuros rumo à conclusão do Acordo. A próxima reunião plenária será realizada em 1º de dezembro de 2011, no Ministério de Assuntos Exteriores de Israel.”

A delegação da Santa Sé estava formada por Dom Antonio Franco (núncio apostólico em Israel); Giacinto-Boulos Marcuzzo (vigário do Patriarcado Latino para Israel); Maurizio Malvestiti, (subsecretário da Congregação para as Igrejas Orientais); Alberto Ortega Martín (da Secretaria de Estado).

Também a integravam o leigo Henry Amoroso (consultor jurídico), e os sacerdotes Elias Daw (presidente do Tribunal da Igreja Greco-Melquita em Israel), Pietro Felet (secretário da Assembleia de Ordinários Católicos da Terra Santa - AOCTS) e Giovanni Caputa (secretário da delegação da Santa Sé).

A delegação israelense estava formada por Mordechay Lewy (embaixador de Israel na Santa Sé) e pelos seguintes membros do Ministério de Assuntos Exteriores: Shmuel Ben-Shmuel (chefe do Escritório de Assuntos Judaicos e Inter-Religiosos no mundo), Ehud Keinan (consultor jurídico), Michal Gur-Aryeh (Departamento de Assuntos Jurídicos), Bahij Mansour (Departamento de Assuntos Religiosos), Ashley Perry (consultor do vice-ministro), Klarina Shpitz (chefe de pessoal), e Chen Ivri Apter (consultor chefe do vice-ministro).

Estiveram também presentes, pelo Ministério de Justiça, Moshe Golan (Escritório do Procurador do Estado) e Itai Apter (consultor); e pelo Ministério das Finanças, Oded Brook (chefe do Departamento de Assuntos Internacionais) e David Sharan (chefe de pessoal).

O Fundamental Agreement, que permitiu em 2000 o estabelecimento de relações diplomáticas entre a Santa Sé e o Estado de Israel, concerne a questões de propriedade, econômicas e fiscais que interessam em geral a Igreja Católica ou a comunidades e instituições católicas específicas em Israel, levando em consideração a “quase bimilenária presença da Igreja na Terra Santa”.