Projeto "Um de Nós" reforça o ecumenismo

A iniciativa popular europeia foi destacada durante encontro realizado em Brescia pela igreja pentecostal Ministério Sabaoth

Roma, (Zenit.org) Elisabetta Pittino | 570 visitas

"Eis como nasce um homem" é o título de uma conferência organizada pelo Ministério Sabaoth, uma igreja protestante pentecostal, que apresentou aos seus fiéis, no dia 29 de setembro, em Brescia, na Itália, a iniciativa popular europeia "Um de Nós", um abaixo-assinado que vem reunindo assinaturas em todo o continente para que o Parlamento Europeu reconheça a dignidade da pessoa humana desde a concepção.

O palestrante foi o prof. Massimo Gandolfini, vice-presidente da organização italiana Scienza&Vita e presidente dos Médicos Católicos de Brescia. Gandolfini foi convidado como conferencista por um dos membros do Ministério Sabaoth, que já o tinha ouvido em uma conferência anterior, também focada no projeto "Um de Nós", em uma paróquia católica na cidade de Brescia.

Participaram do encontro mais de cinquenta fiéis dessa comunidade protestante, muitas famílias e um grupo representativo de jovens.

O prof. Gandolfini explicou o surgimento do projeto “Um de Nós” durante cinquenta minutos, seguindo-se um animado debate sobre a iniciativa e sua importância.

Desta reunião "ecumênica", surgiu a possibilidade de diálogo e de unidade baseada na defesa do embrião humano. Brescia, relata o coordenador italiano da iniciativa popular, Michele Trotta, "é a cidade que tem o maior número de assinaturas já reunidas, graças ao trabalho coordenado de vários grupos católicos locais".