"Protege o seu coração", um projeto completo para a educação sexual dos filhos

Entrevista com Maria Luisa e Juan Francisco, fundadores e diretores internacionais de PTC - Parte IV

Brasília, (Zenit.org) Thácio Siqueira | 479 visitas

Ao longo dessa semana estivemos publicando por partes a entrevista que Maria Luisa e Juan Francisco, fundadores de Protege tu corazón, concederam exclusivamente a ZENIT.

O projeto "Protege o seu coração" já conta com uma versão básica do site no Brasil www.protegetucorazon.com.br e, como revelou o casal na entrevista, o material já está traduzido para o português, só esperando um patrocínio para a impressão.

Embora muitos cheguem a pensar que a guerra da formação da sexualidade esteja perdida, “Venceremos a batalha. Gostamos de pensar que é possível. Acreditamos no triunfo do Amor e que não estamos sozinhos, a maioria dos pais quer isso para seus filhos, e além do mais estamos com Deus”, disse nessa última parte da entrevista, Maria Luisa.

Para ler as partes anteriores:

Primeira parte clique aqui

Segunda parte cliquei aqui

Terceira parte clique aqui

Acompanhe a seguir a quarta e última parte:

***

ZENIT: Pode-se ler no site em espanhol (www.protegetucorazon.com) os temas das várias sessões que oferecem ao jovens, crianças, pais de família, professores... Vocês tem materiais impressos? Também em outros idiomas?

Juan Francisco: PTC está traduzido do espanhol para o Inglês, Italiano e Português. Tanto os módulos para adolescentes como as oficinas para os pais e professores. Mas este material é entregue quando se faz um acordo de uso com a equipe de pessoas responsáveis ​​pelo programa em cada país.

Temos dois livros publicados sobre as mudanças da puberdade e os desafios do crescimento, um dirigido a meninos e outro a meninas de 8 a 13 anos. Estão pensados para que primeiro sejam lidos pelos pais e depois compartilhados com seus filhos. E quando acharem oportuno que seja lido pelas mesmas crianças. Estes livros já estão traduzidos para o português, mas falta o patrocínio para a sua publicação. A versão em espanhol já tem mais de 8 edições. Estamos preparando mais material para publicar porque é uma grande necessidade e os pais nos pedem constantemente.

ZENIT: Quem é que ajudou a criar esse material?

Juan Francisco: Desde o início nós criamos um grupo interdisciplinar formado por uma psicóloga, um médico, uma enfermeira, uma assistente social, um engenheiro e uma comunicadora. Alguns deles também educadores familiares.

ZENIT: Como um pai de famíla de língua Portuguesa, seja no Brasil, Portugal, África ou Ásia, pode começar a fazer parte deste projeto e levá-lo para sua cidade e país?

Juan Francisco: Podem entrar em contato conosco por meio de info@protegetucorazon.com e enviamos a explicação de como podem implementar o projeto. Então programamos um seminário presencial de capacitação como o que acabamos de realizar no Porto, e há um ano em Viseu. Podemos chegar aonde formos chamados.

ZENIT: Qual é o plano para 2013?

Juan Francisco: Celebrar os 20 anos do programa, e continuar crescendo para alcançar milhares de pais e jovens.

ZENIT: Em definitiva, proteger o próprio coração, é uma tarefa difícil hoje. No Brasil também existe todo um plano do governo para a educação sexual  verdadeiramente vergonhoso. Vocês sentem que é possível vencer esta batalha nas vidas dos adolescentes de hoje? Ou podemos considerar esta guerra como perdida?

Maria Luisa: A nível de governo é difícil, porque existem muitas pressões internacionais, criadas como resultado de interesses econômicos ou ideológicos. É evidente que existem dois modelos opostos: o da redução de riscos e o da eliminação de riscos.

O primeiro centra-se na redução das gravidezes e doenças promovendo o uso do preservativo. Tem grandes orçamentos fornecidos por governos e fundações privadas. Os resultados não o favorecem porque a partir dos anos 80, década que começou a ser distribuído em massa, o percentual de casos de gravidez e de DSTs não parou de crescer. Suécia, pioneira na aplicação deste modelo nos dias de hoje ganhou as manchetes devido ao aumento de doenças como a gonorréia entre jovens e homens homossexuais. O número de casos notificados cresceu 16% entre o 2011 e o 2012, de acordo com o Instituto Sueco para Controle de Doenças Transmissíveis.

Na verdade, este modelo acaba por promover a atividade sexual por causa da falsa segurança que inspira entre os usuários de preservativos, com o qual cria um novo e poderoso risco: a mesma atividade sexual. Por outro lado, não educa, apenas instrui. Basicamente, vê corpos e não pessoas.

O segundo centra-se na eliminação de todos os riscos e promove a educação da sexualidade porque  principalmente vê pessoas não corpos e os resultados sim o favorecem. Um exemplo claro é a Uganda com a implantação do Programa ABC que teve uma redução significativa na incidência do SIDA. Algumas fontes colocam a redução em um 30% no início dos anos 90 até um 6% até o final do 2003. Sob este modelo atuam muitas iniciativas: programas de abstinência, programas de educação da fertilidade, e programas de educação do caráter e da sexualidade como “Protege o seu coração”.

Somos muito otimistas de que o segundo modelo triunfará. É o que aborda toda a pessoa e associa a sexualidade com a vida e o amor. Tudo o que não está centrado na pessoa acaba fracassando. A história nos dá exemplos claros de que as civilizações que foram prósperas, com culturas florescentes, conseguiram isso por causa do bom caráter de seu povo. As que perdem essa visão, acabam caindo por conta própria.

Venceremos a batalha. Gostamos de pensar que é possível. Acreditamos no triunfo do Amor e que não estamos sozinhos, a maioria dos pais quer isso para seus filhos, e além do mais estamos com Deus.

***

Um pai de família de língua portuguesa, seja do Brasil, Portugal, África ou Ásia, ou de países de língua espanhola, pode levar esse projeto para a sua própria cidade entrando em contato por meio desse email:info@protegetucorazon.com

Será enviado a explicação de como proceder para implantar o projeto e em seguida se  programará um seminário presencial de capacitação.

Maria Luisa e Juan Francisco também participaram da elaboração do "DVD Sim Aceito, segredos para um casamento feliz". O DVD está destinado para todos aqueles que se preparam para o matrimônio. Também pode ser adquirido em português e está sendo promovido pela Pastoral Familiar do Brasil. Para encomenda: quero.reservar.sim.aceito@gmail.com