Que a renovação em Cristo renove também a sociedade

Cardeal Bertone explica a lógica do cristão: não dominar, mas servir

| 906 visitas

Antonio Gaspari

RÍMINI, quarta-feira, 02 de maio de 2012 (ZENIT.org) - "Nunca se cansem de afirmar a centralidade de Cristo na sua experiência de fé, porque em ninguém mais, a não ser nele, existe salvação", já que "nem a ciência, nem a riqueza, nem o poder salvam".

O cardeal Tarcisio Bertone dirigiu estas palavras a mais de vinte mil pessoas na celebração da Eucaristia deste domingo, 29 de abril, no complexo da Feira de Rímini, onde acontece o encontro de grupos e comunidades da Renovação Carismática italiana, que celebra o seu 40º aniversário de fundação.

Na homilia, o Secretário de Estado do Vaticano explicou que o senhorio "de Cristo é expresso no serviço, cujo símbolo é o lava-pés antes da Última Ceia, quando Jesus disse aos apóstolos: ‘Eu vos dei o exemplo para que, como eu vos lavei os pés, vós façais o mesmo aos outros’".

"Esforcem-se para testemunhar o primado absoluto de Cristo. Porque só em Cristo toda a humanidade pode ser salva e viver".

"Ele ressuscitou para a nossa salvação, nos deu a remissão dos pecados e nos justificou diante de Deus". Por isso, "não cessem de proclamar que Jesus é o Senhor"(1 Coríntios 12 ,3) que nos torna livres de toda tirania".

O Secretário de Estado afirmou que trazer a Renovação de Jesus aos corações das pessoas exige "dinamismo dos fiéis", bem como "a autenticidade e o frescor da fé".

Então, convidou os presentes a continuarem "com renovado fervor a colocar a serviço da comunidade eclesial os seus talentos, através do compromisso alegre, entendido como resposta a um convite de amor feito por Deus".

"Cristo nos chama para fora dos limites do egoísmo, do medo e do pecado, para nos apresentar um caminho de libertação".

O cardeal Bertone voltou depois a atenção para o VII Encontro Mundial das Famílias, em Milão, de 30 de maio a 3 de junho,e manifestou o seu profundo agradecimento à Renovação Carismática na Itália por lançar o Centro Internacional para a Família, em Nazaré, na Terra Santa.

"Encorajo vocês a levarem adiante a sua iniciativa louvável", disse o cardeal. "É um gesto concreto de comunhão eclesial no compromisso da nova evangelização".

Em seu encontro com os jornalistas, Bertone disse que "A renovação interior, a renovação das famílias, o coração da renovação, que é assumir a fé e transformá-la em critério de comportamento, deve expressar-se na vida social, pública, civil. Transformar, renovar as pessoas, mas também renovar as instituições e a sociedade".