"Que se encontre uma solução política para a Síria e que bispos sequestrados voltem para as suas comunidades"

Apelo do Papa Francisco no final da audiência geral

Cidade do Vaticano, (Zenit.org) | 423 visitas

No final da Audiência geral desta manhã, após as saudações em diferentes idiomas, o Papa Francisco fez um forte apelo para a libertação dos dois bispos sequestrados segunda-feira perto de Aleppo: Gregorios Ibrahim e Paul Yazigi. Uma notícia que está preocupando muito o mundo por alguns dias, especialmente ontem quando vários meios de comunicação publicaram a notícia da sua libertação, imediatamente negada.

"O seqüestro dos Metropolitas grego-ortodoxos e sírio-ortodoxo de Alepo - disse o Papa – que tem notícias conflitantes, é um sinal da trágica situação que está atravessando a amada Nação Síria, onde a violência e as armas continuam a semear a morte e o sofrimento”.

Lembrando na oração os dois Bispos “para que voltem rápido para as suas comunidades”, o Papa pediu a Deus “iluminar os corações”, renovando o “urgente” apelo dirigido no dia da Páscoa “para que cesse o derramamento de sangue, se dê a necessária assistência humanitária à população e se encontre o quanto antes uma solução política à crise”.