República Dominicana: Cáritas ajuda 60.000 vítimas do «Noel»

| 1005 visitas

CIDADE DO VATICANO, segunda-feira, 5 de novembro de 2007 (ZENIT.org).- A Cáritas nacional da República Dominicana ativou um plano urgente de emergência para socorrer milhares de vítimas da tempestade tropical «Noel», que causou a perda de dezenas de vidas humanas e muitos danos materiais em sua passagem pela ilha de La Española.



Segundo os dados facilitados pela Cáritas Dominicana, mais de 25.000 pessoas foram deslocadas como conseqüência do furacão e cerca de 6.000 já estão alojadas em albergues temporários. Desta forma, calcula-se que aproximadamente 6.300 moradias ficaram seriamente afetadas pelos efeitos da tempestade.

As equipes diocesanas e paroquiais da Cáritas Dominicana ativaram imediatamente seus planos de resposta a esta emergência nas áreas mais afetadas pelo «Noel». Neste momento, a rede local da Cáritas está prestando ajuda às vítimas em diversas áreas da arquidiocese de Santo Domingo e da diocese de Bani, Barahona, San Francisco de Macorís, La Vega, San Juan de la Maguana e Mao.

O plano de emergência levado a cabo pela Cáritas Dominicana contempla distribuir ajuda de emergência a uma população de 60.000 afetados. Os produtos de primeira necessidade que estão sendo distribuídos aos desabrigados são água potável, alimentos perecíveis, utensílios de cozinha, colchões, roupa de cama e almofadas.

A Cáritas Espanhola, que desenvolve há décadas um intenso programa de cooperação fraterna na ilha de La Española, já colocou à disposição da Cáritas Dominicana uma ajuda inicial de 200.000 euros, procedentes de seus fundos especiais de emergência.

Dessa forma, a Comunidade de Madri anunciou à Cáritas Espanhola sua intenção de doar uma ajuda de 100.000 euros para apoiar os trabalhos de ajuda que a rede Cáritas realiza.