Retiro de Semana Santa na Catedral do Rio

Programação acompanha as celebrações da Arquidiocese do Rio, presididas pelo cardeal arcebispo Orani João Tempesta, além das formações, orações e apresentação artística

Rio de Janeiro, (Zenit.org) Redacao | 448 visitas

A Catedral do Rio de Janeiro recebe retiro de Semana Santa de 17 a 20 de abril. A programação acompanha as celebrações da Arquidiocese do Rio, presididas pelo cardeal arcebispo Orani João Tempesta, além das formações, orações e apresentação artística do retiro, que ficam por conta da Comunidade Shalom.

O cardeal celebra a missa de Lava-Pés, na quinta-feira (17), às 18h. Na Sexta Santa, às 15h, ação litúrgica da Paixão do Senhor, e às 18h, procissão do Senhor morto. No sábado, Vigília Pascal, às 19h30. No domingo, missa solene de Páscoa, às 10h, seguida de almoço de confraternização com a população de rua.
Com o tema "Por sua chagas, fomos curados", o retiro na Catedral começa na quinta-feira (17), às 15h. Na sexta-feira Santa, inicia às 9h com laudes, pregação e Via Sacra. No sábado, retoma a programação às 9h, com laudes, pregação, apresentação artística da Paixão de Cristo em momentos de orações. No domingo, após a missa de Páscoa às 10h, segue com louvor, pregação e celebração da ressureição.

SAIBA MAIS
A Semana Santa é uma tradição da Igreja Católica que celebra a Paixão, a Morte e a Ressurreição de Jesus Cristo. Começa no Domingo de Ramos, que relembra a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém e termina com a ressurreição no domingo de Páscoa. Em 2014, por ser uma data móvel, este tempo litúrgico vai de 13 a 20 de abril.
O Lava-pés remete ao relato de João 13, 1-17, que menciona Jesus lavando os pés dos apóstolos durante a Última Ceia.
Sexta-feira da Paixão é dia da tradicional Procissão do Senhor Morto, que revive o enterro de Jesus.

A Vigília Pascal é a primeira celebração oficial da Ressurreição de Jesus. É realizada nas horas de escuridão entre pôr-do-sol no Sábado Santo e o amanhecer da Páscoa. Na noite, em que Jesus Cristo passou da morte à vida, a Igreja convida os seus filhos a reunirem-se em vigília e oração.

A Páscoa celebra a ressurreição de Jesus Cristo. Depois de morrer na cruz, seu corpo foi colocado em um sepulcro, onde permaneceu por três dias, até sua ressurreição.