Reunião de bispos com presidente da Bolívia

| 565 visitas

LA PAZ, sexta-feira, 4 de abril de 2008 (ZENIT.org).- No dia 2 de abril, o presidente da Bolívia, Evo Morales Ayma, reuniu-se com bispos da Conferência episcopal do país, com o objetivo de avaliar e ratificar por parte do governo central o desejo de dialogar e de resolver os problemas e diferenças com os setores opositores de maneira pacífica.

Por parte da Igreja, estiveram presentes, informa o site da Conferência (CEB), o cardeal Julio Terrazas, arcebispo de Santa Cruz e presidente da CEB, Dom Edmundo Abastoflor, arcebispo de La Paz e vice-presidente, Dom Jesús Juarez, bispo de El Alto e secretário-geral, além de vários bispos das diferentes jurisdições eclesiais na Bolívia.

Nas palavras de Ivan Canelas, porta-voz da presidência, a reunião com os pastores da Igreja Católica serviu para expressar o desejo de diálogo que o governo tem e a confiança firme na Igreja, por seu prestígio moral e credibilidade, para que possa concretizar espaços de diálogo para a busca de soluções.

«A Igreja vai continuar trabalhando na busca do diálogo, não só agora, mas como o fez também no passado; e nós cremos que a Igreja é a instituição mais prestigiosa no país e que pode nos ajudar neste processo de diálogo e solução dos problemas», concluiu o porta-voz da presidência.

O serviço informativo eclesial da Conferência Episcopal Boliviana deu a notícia com este título: «Governo busca apoio na Igreja Católica».