Santa Escolástica

Que o testemunho de Santa Escolástica motive em nossos corações a profunda amizade e unidade à Deus e aos irmãos na certeza de caminharmos juntos à pátria celeste.

Horizonte, (Zenit.org) Fabiano Farias de Medeiros | 419 visitas

Escolástica é irmã gêmea de São Bento.  Nasceram em Núrsia, região central da Itália, em 480. Eram filhos de nobres, o pai Eupróprio ficou viúvo quando eles nasceram, pois a esposa morreu durante o parto. Ainda jovem Escolástica se consagrou a Deus com o voto de castidade, antes mesmo do irmão, que estudava retórica em Roma. Mais tarde, Bento fundou o mosteiro de Monte Cassino criando a Ordem dos monges beneditinos. Escolástica, inspirada por ele, fundou um mosteiro, de irmãs, com um pequeno grupo de jovens consagradas. Estava criada a Ordem das beneditinas, que recebeu este nome em homenagem ao irmão, seu grande incentivador e que elaborou as Regras da comunidade.

Tinha o costume de visitar São Bento uma vez ao ano e como não estava permitido que entrasse no monastério, ele saía ao seu encontro para levá-la a uma casa de confiança, onde os irmãos passavam a vigília orando, cantando hinos de louvor a Deus e discutindo assuntos espirituais.

Sobre a última visita, São Gregório faz uma notável descrição: nela, a santa, pressentindo que não voltaria mais a ver seu irmão, rogou-lhe que não partisse essa noite mas no dia seguinte. Mas São Bento sentiu-se incapaz de romper as regras de seu monastério.

Então, Santa Escolástica apelou a Deus com uma fervorosa oração para que interviesse em sua ajuda e, ato contínuo, caiu uma forte tormenta que impediu que seu irmão regressasse ao monastério. Os dois santos passaram a noite falando das coisas santas e de assuntos espirituais. A reação de São Bento foi de perguntar o que ela havia feito e desejar que Deus a perdoasse por aquilo. Santa Escolástica, na simplicidade e na alegria, disse-lhe: “Eu pedi para conversar, você não aceitou. Então, pedi para o Senhor e Ele me atendeu”. Três dias depois, a santa morreu, e seu irmão que se encontrava absorto na oração teve a visão da alma de sua Irmã ascendendo ao céu na forma de pomba.

O corpo de Santa Escolástica foi sepultado no mosteiro de São Bento no tumulo que o próprio São Bento construirá para si e contava com a idade de 63 anos. Ela é padroeira de Monte Cassino e é invocada contra as tempestades, sua festa é celebrada em 10 de fevereiro.

Que o testemunho de Santa Escolástica motive em nossos corações a profunda amizade e unidade à Deus e aos irmãos na certeza de caminharmos juntos à pátria celeste.