Santa Marta

Marta acompanhou Jesus e em meio aos seus afazeres teve a graça de acolher e contemplar as maravilhas de seu Mestre.

Horizonte, (Zenit.org) Fabiano Farias de Medeiros | 578 visitas

Marta nasceu em Betânia, próxima a Jerusalém. Era filha de Teófilo, governador de toda a comarca marítima, e de Eucaria e tinha Maria de Betânia e Lázaro como irmãos. Sua família era muito conceituada e nobre detendo parte daquela região como Magdala, Betânia e parte de Jerusalém.

Foram célebres as passagens das Escrituras que ressaltaram a vida de Marta. Primeiro contemplamos o relato da visita de Jesus à sua casa, na qual a jovem exorta sua irmã Maria a cuidar das coisas em virtude da presença de Jesus. Neste momento Jesus enfatiza o ensino espiritual acerca de nos dedicarmos aos valores espirituais acima dos afazeres materiais.

No episódio da ressurreição de Lázaro, Marta se coloca ao encontro de Jesus clamando sua presença para que pudesse pedir a Deus por seu irmão em uma atitude de profunda confiança e fé. Jesus, diante do fato e da comoção de Maria, também chorou e, em seguida,ressuscitou Lázaro. Na ceia de Betânia também estava presente Marta, Maria e Lázaro ressuscitado. A tradição remonta que após a morte, ressurreição e Ascensão de Jesus, Marta e seus irmãos foram para a França onde evangelizaram convertendo a muitos.

Marta teria falecido com aproximadamente 65 anos em Betânia acometida de uma forte febre. Os frades franciscanos difundiram a festa litúrgica de Santa Marta no ano de 1262 escolhendo o dia 29 de julho para a comemoração.