Santa Sé abre processo de beatificação de dom Luciano Mendes de Almeida

Jesuíta, dom Luciano promoveu a Pastoral do Menor e trabalhou em inúmeras obras sociais

Brasília, (Zenit.org) Lilian da Paz | 795 visitas

A Congregação para a Causa dos Santos declarou aberto o processo para beatificação de dom Luciano Mendes de Almeida, arcebispo de Mariana, em Minas Gerais, entre os anos de 1988 e 2006. O pedido de abertura foi feito por dom Geraldo Lyrio Rocha, atual arcebispo de Mariana.

Em nota, a Congregação afirma que “por parte da Santa Sé, não há nada que impeça, para que se inicie a causa de beatificação e canonização de dom Luciano”. Agora, dom Geraldo deve instituir um tribunal para seguir adiante com o processo e averiguar milagres atribuídos a dom Luciano.

A morte de dom Luciano aconteceu por falência múltipla dos órgãos, aos 75 anos de idade, depois do jesuíta ficar internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital das Clínicas (SP).  O arcebispo tratava de um câncer no fígado, devido a uma contaminação de hepatite C, contraída depois de uma transfusão de sangue.

Nascido no Rio de Janeiro, em 1930, dom Luciano veio de uma família católica e decidiu pelo sacerdócio ainda na adolescência, deixando de lado a paixão pela aviação – teve o sonho de ser piloto.

A ordenação sacerdotal aconteceu em Roma, aos 28 anos de idade, pela Companhia de Jesus. Lá também adquiriu doutorado em Filosofia, no ano de 1965. Em 1976, foi o primeiro jesuíta sagrado bispo no Brasil por nomeação do Papa Paulo VI.

Como bispo auxiliar da arquidiocese de São Paulo durante 12 anos, dom Luciano auxiliou dom Paulo Evaristo Arns, então cardeal arcebispo da capital paulista, a organizar diversos abrigos para menores abandonados. Também promoveu a Pastoral do Menor e muitas outras obras sociais voltadas para os pobres.       

Dom Luciano assumiu a presidência da Conferência Episcopal dos Bispos do Brasil (CNBB) entre os anos de 1987 e 1994, em dois mandatos consecutivos. Neste período recebeu a convocação para dirigir a arquidiocese de Mariana.