Santa Sé acolhe Tony Blair «com respeito»

A cerimônia privada ocorreu na sexta-feira

| 1449 visitas

Por Jesús Colina

 

CIDADE DO VATICANO, domingo, 23 de dezembro de 2007 (ZENIT.org).- A decisão de Tony Blair de entrar em plena comunhão com a Igreja católica foi acolhida «com respeito» pela Santa Sé.

A arquidiocese católica de Westminster revelou que a cerimônia privada de acolhida do antigo primeiro-ministro britânico, que nasceu no seio da Igreja anglicana, aconteceu nesta sexta-feira, durante uma missa celebrada na capela da residência do arcebispo.

O cardeal Cormac Murphy O’Connor afirmou: «Estou muito feliz de dar as boas-vindas a Tony Blair na Igreja católica. Durante muito tempo participou regularmente na missa com sua família e nos últimos meses seguiu um programa de formação para se preparar para ser recebido na plena comunhão».

«Minhas orações estão com ele, com sua esposa, com sua família neste feliz momento de seu itinerário comum de fé», acrescentou.

Por sua fez, o padre Federico Lombardi S.J., diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, comentou que se trata de uma «boa notícia que acolhemos com respeito».

«Os católicos estão felizes de acolher em sua comunidade a quem, através de um caminho sério e de reflexão, se converte ao catolicismo».

Por sua vez, o arcebispo de Canterbury e primaz da Comunhão Anglicana, Rowan Willians, desejou a Tony Blair todo bem em seu caminho espiritual.