Santa Valburga

Repleta de fé e de amor a Deus, Santa Valburga nos aponta o caminho da santidade e do suave perfume de uma vida dedicada a Deus

Horizonte, (Zenit.org) Fabiano Farias de Medeiros | 352 visitas

"Confirmada no santo amor de Deus, tendo vencido o mundo e todos os seus atrativos, repleta de fé, saturada de caridade com os adornos da sabedoria e a jóia da castidade, notável pela benevolência e humildade, foi receber o galardão que devia coroar tantas virtudes". Assim um monge relata para nós a vida de Santa Valburga que hoje celebramos.

Nascida em Devonshire na Inglaterra por volta de 710, Valburga era filha de Ricardo, rei dos Saxões do Oeste e Viana, que morreu logo cedo e irmã de Vilibaldo e Vunibaldo que também foram elevados à honra dos altares. Valburga e sua família, apesar de muito nobres eram cristãos muito piedosos. Muitos abriram mão desta nobreza e de toda a realeza a que tinham direito para viver uma vida de santidade.

Por volta do ano 721, Ricardo que havia entregue o trono ao seu sobrinho, juntamente com seus filhos realizaram uma peregrinação para a Terra Santa. Naquela época eram perigosas as peregrinações por conta da violência dos saxões mas nada os impediu de seguirem viagem. Valburga foi confiada à priora da Abadia de Wimbourne na cidade de Dorsetshire. Seu pai veio a falecer dois anos depois na cidade de Luca na Itália e foi sepultado pelos dois filhos que posteriormente se tornaram sacerdotes.

Valburga se tornou monja e em 748 foi enviada à Alemanha para fundar novos mosteiros e escolas. Acolhida pelo Bispo Bonifácio, empreendeu grandes projetos de evangelização e diversos milagres consolidaram sua santidade vindo a tornar-se abadessa.

Morreu no dia 25 de fevereiro de 779. Seu corpo foi sepultado no mosteiro de Heidenheim e posteriormente transladado para a Igreja de Eichestat. Foi canonizado no ano de 893 e seu corpo encontrava-se incorruptível. Do seu túmulo brotava um óleo de suave perfume que ficou conhecido como “Óleo de Santa Valburga” por ser milagroso.

Que o “suave perfume” da santidade e de uma vida dedicada a Deus possa exalar de nossos corações e com a intercessão de Santa Valburga possamos perfumar o mundo com a graça de Deus.