Santo Padre nomeou novo Bispo para o Piauí

Aceitou a renúncia ao governo pastoral da Diocese de Bom Jesus do Gurguéia, apresentada por Dom Ramón López Carrozas, O. de M.

Cidade do Vaticano, (Zenit.org) | 552 visitas

O Papa Francisco aceitou a renúncia ao governo pastoral da Diocese de Bom Jesus do Gurguéia (Piauí), apresentada por Dom Ramón López Carrozas, O. de M., em conformidade ao Can. 401 § 1 do Código de Direito Canônico.

O Santo Padre nomeou Bispo de Bom Jesus do Gurguéia o Pe. Marcos Antônio Tavoni, até então Pároco da Paróquia “Cristo Redentor” em Taguatinga, na Arquidiocese de Brasília. 

Dom Tavoni nasceu em 21 de abril de 1967, em São Carlos (São Paulo). Estudou Filosofia no Seminário Diocesano “João Paulo II”, em São Carlos (1989-1990), e Teologia no Seminário Arquidiocesano “Nossa Senhora de Fátima”, em Brasília (1991-1994). Foi ordenado sacerdote em 30 de novembro de 1996 para o Clero da Arquidiocese de Brasília. 

Depois de uma breve experiência em Brasília, onde trabalhou como Vigário Paroquial da Paróquia “Imaculada Conceição”, em Taguatinga (1996-1997), foi transferido para a Arquidiocese de Palmas (TO), onde desempenhou inúmeras funções, entre as quais pároco, reitor de Seminário, professor de Teologia e diretor espiritual da “Casa Santa Marta”, destinada à recuperação de adolescentes grávidas (2003-2011).

Além disso, desempenhou várias funções em nível diocesano: moderador do primeiro Sínodo Arquidiocesano de Pastoral (2000-2006); coordenador da Comissão para a elaboração do Diretório Arquidiocesano para a Iniciação Cristã (2005-2006); vigário episcopal da Região “São Pedro” (2007-2008); membro e secretário do Conselho Presbiteral de Palmas por dois mandatos. 

Em 2011 regressou à Arquidiocese de Brasília, onde trabalhou como Vigário Paroquial da Paróquia “Nossa Senhora dos Pobres” – Paranoá (2011-2013). Atualmente, desempenha seu ministério como Pároco da Paróquia “Cristo Redentor” em Taguatinga, sempre na Arquidiocese de Brasília.

Bom Jesus do Gurguéia foi criada como Prelazia Territorial em 1920, sendo desmembrada da então Diocese do Piauí. Em 1981 foi elevada à Diocese. Desde sua criação, sempre foi administrada por bispos espanhóis da Ordem das Mercês - mercedários. Dom Tavoni, portanto, será o primeiro Bispo brasileiro nesta Diocese.


Fonte:Rádio Vaticano