Santos Cirilo e Metódio, ponte entre as Igrejas Oriental e Ocidental

1.150 anos da missão: congresso internacional em Roma aborda os co-padroeiros da Europa

Roma, (Zenit.org) | 1137 visitas

Os irmãos Cirilo e Metódio, santos co-padroeiros da Europa, cuja festa no calendário romano é celebrada hoje, representam a ponte entre os mundos bizantino e eslavo. Seu trabalho de difusão da fé mediante a criação do alfabeto glagolítico é um sinal de superação das fronteiras geográficas e culturais no processo de construção da identidade cristã.

O congresso internacional “Santos Cirilo e Metódio entre os Povo Eslavos: 1.150 Anos do Início da Missão” se realizará em dois dias: no próximo dia 25, no Pontifício Instituto Oriental, e no dia 26, na Pontifícia Universidade Gregoriana.

A celebração do evento no âmbito acadêmico, que faz parte do Ano da Fé proclamado pelo papa Bento XVI, é uma exortação de grande atualidade à evangelização como ação ecumênica de unidade da Igreja, lembrando a sua missão como ação significativa e de ecumenismo especialmente profético.

As questões mais importantes serão retomadas e desenvolvidas pelos relatores convidados a falar sobre os contextos histórico, político, eclesiológico, litúrgico, ecumênico, em pleno respeito pela continuidade da tradição, mediante análises dos novos métodos missionários.

Os criadores e organizadores do evento são o cardeal Jozef Tomko, prefeito emérito da Congregação para a Evangelização dos Povos, e dom Cyril Vasil, secretário da Congregação para as Igrejas Orientais, auxiliados por uma comissão de professores e colaboradores eslovacos focada na preparação científica do evento.

A programação completa está disponível no site www.pontificio-orientale.com.