São Guilherme de Vercelli

Guilherme de Vercelli testemunhou em suas peregrinações a beleza e grandeza do Evangelho nos revelando o caminho do céu.

Horizonte, (Zenit.org) Fabiano Farias de Medeiros | 303 visitas

Guilherme nasceu no ano de 1085 na cidade de Vercelli na Itália. Sua família pertencia à nobreza francesa e pouco é relatado sobre sua infância e juventude. Sabe-se que aos quinze anos o jovem já aspirava à vida monástica, assumindo o hábito e peregrinando por toda a Europa. Sua impetuosidade juvenil o impelia a visitar os mais remotos santuários e locais sagrados com o intuito de chegar à Terra Santa e lá instalar-se, porém foi vítima de um assalto violento e também foi orientado por São João de Matera a não prosseguir, visto que esta não era a vontade de Deus para ele.

Estes fatos conduziram o jovem Guilherme à solidão de Avellino, região próxima à montanha de Montevergine. A região era inabitada e lá, somente com a companhia dos animais, dedicou-se à oração e penitência. Algum tempo depois, foi procurado por outros monges, religiosos e fiéis que recorriam aos seus conselhos, orações e resolviam segui-lo. No ano de 1128 fundou um mosteiro masculino que ficou conhecido como Mosteiro de Montevergine e posteriormente tornou-se Congregação Beneditina de Montevergine. Guilherme tornou-se abade, mas no seu coração havia o imenso desejo de peregrinar. Assim, passou a condução do mosteiro para outro monge e empreendeu diversas peregrinações ao longo da região, vindo a fundar ainda outros mosteiros masculinos e femininos no sul da Itália.

Guilherme faleceu no dia 25 de junho de 1142, no mosteiro de Goleto. Em 1807 teve os restos mortais transferidos para o mosteiro de Montevergine. Foi canonizado no ano de 1942 pelo Papa Pio XII.