São José de Anchieta

Anchieta testemunhou o vigor e criatividade do Espírito Santo na evangelização e no anúncio da Palavra de Deus a todos os povos.

Horizonte, (Zenit.org) Fabiano Farias de Medeiros | 376 visitas

José de Anchieta nasceu em dia 19 de março de 1534, em São Cristóvão da Laguna, na ilha de Tenerife, do arquipélago das Canárias na Espanha.  Filho de João Lopez de Anchieta e de Mência Diaz de Clavijo e Llarena, uma família de descendência nobre que com muito esmero conduziram a formação e educação do jovem até seus quatorze anos, idade em que foi enviado para Coimbra em Portugal para estudar filosofia na Universidade de Coimbra.

Aos 16 anos fez o voto de castidade diante da imagem de Nossa Senhora do Bom Conselho. Após este fato, ingressou na Companhia de Jesus em 1º de maio de 1551. Apesar do zelo e do vigor apostólico e espiritual de Anchieta, sua saúde era frágil e o limitava. No ano 1553, o padre Manoel da Nóbrega estava no Brasil e convocou jovens jesuítas para as missões no país. Chegou ao país em julho do mesmo ano em Salvador. Em 1554 foi enviado à capitania de São Vicente no planalto de Piratininga, que veio a tornar-se a cidade de São Paulo.

Empreendeu vigoroso trabalho de evangelização junto aos índios, que de início resistiam, mas que a perseverança de Anchieta fez mudar este quadro. O jovem aprendeu logo a língua tupi e escreveu uma gramática, assim como desenvolveu estudos em diversas áreas. Criou canções e peças teatrais que retratavam a cultura local e costumes do povo indígena, iniciou a catequese das crianças e a ampliou aos colonizadores que também eram catequizados.

Foi determinante para a fundação do Rio de Janeiro que em 1556 passou pela Batalha dos Tamoios a qual foi vencida por Anchieta e Estácio de Sá, expulsando os tamoios e franceses. Seu impulso missionário levou os habitantes a aprofundarem a fé, buscarem os sacramentos e rejeitarem falsas doutrinas e ocasiões de pecado. Foi ordenado aos 32 anos de idade e em 1557 foi nomeado Provincial da Companhia de Jesus no Brasil. Seu trabalho missionário pelo Brasil foi memorável.

José de Anchieta faleceu na cidade de Reritiba no Espírito Santo no dia 09 de junho de 1597. O santo de hoje foi beatificado pelo Papa João Paulo II em junho de 1980 e canonizado pelo Papa Francisco no dia 03 de abril de 2014. "Apóstolo de Brasil", ficou sendo seu título.