São Tiago em Roma: «O pensamento de Jesus é claro: nada de hierarquia de poder»

O secretário do Conselho para a Pastoral da Saúde preside a missa para a comunidade espanhola

| 401 visitas

ROMA, quarta-feira, 25 de julho de 2007 (ZENIT.org).- «O discípulo de Jesus não deve assemelhar-se aos gestos de ambição dos poderes dos grandes deste mundo», alertou à comunidade espanhola o bispo que presidiu a missa na festa de São Tiago Apóstolo neste 25 de julho, em Roma.



«O caminho do Evangelho é serviço, como a vida de Jesus, que não veio para ser servido, mas para servir», recordou Dom José Luís Redrado, O.H., secretário do Conselho Pontifício para a Pastoral no Campo da Saúde, na homilia da celebração eucarística celebrada na Igreja de São Tiago e Montserrat de Roma, no dia do santo padroeiro da Espanha.

O secretário do Conselho vaticano recordou que «o Senhor convida os apóstolos, a todos que têm um papel de serviço, a tirar as máscaras, a não atuar só por obrigação, e apresentar-se simples, pobres, vulneráveis, purificar nossos temores, não estar atados a seguranças humanas; é um convite a servir como ele serviu».

Citando os mártires e os santos, Dom Redrado sublinhou que «a Igreja os propõe para que os imitemos».

«São Tiago, nosso apóstolo, ajuda-nos, sim, a ver nossos defeitos, fraquezas, ambições, mas sobretudo a superá-los com a disponibilidade, com a abertura ao Espírito, com a fortaleza em meio às provas, com o zelo pela causa do Evangelho, com a vocação de serviço criativo, entusiasta, generoso, fiel», concluiu.