Seis religiosas excomungadas nos Estados Unidos

Membros de uma seita canadense

| 680 visitas

LITTLE ROCK, Arkansas, sexta-feira, 28 de setembro de 2007 (ZENIT.org).- Seis religiosas foram excomungadas no Arkansas por sua implicação na associação cismática Exército de Maria, com sede em Quebec.



Segundo o diário diocesano «The Arkansas Catholic», é a primeira vez que se excomunga formalmente uma pessoa na diocese de Little Rock.

«É um histórico momento muito doloroso para esta Igreja», disse Dom Gaston Hebert, administrador diocesano, nesta quarta-feira em uma coletiva de imprensa em Little Rock.

A Congregação para a Doutrina da Fé emitiu uma declaração de excomunhão em 12 de setembro para quem se associou à Comunidade da Senhora de Todas as Nações. A fundadora da associação, Marie-Paul Giguere, afirma que crê que ela é a reencarnação da Virgem Maria.

A congregação doutrinal vaticana afirma em sua declaração que «os ensinamentos [do grupo] são falsos e suas atividades não são suscetíveis de ser freqüentadas nem apoiadas por católicos».

Das dez religiosas do Mosteiro de Nossa Senhora da Caridade e Refúgio em Hot Springs, oito são membros do Exército de Maria.

Após receber a declaração vaticana com relação ao Exército de Maria, Dom Hebert convidou as religiosas a reconsiderarem sua pertença à organização.

Voltou ao mosteiro na quarta-feira e aceitou a decisão de seis delas de abandonar a comunhão com a Igreja. O bispo disse que dois dos oito membros vivem em uma casa de repouso e poderiam ter escolhido, sem «conhecimento nem deliberação», permanecer no Exército de Maria.

As duas religiosas restantes, que nunca se associaram ao grupo cismático, se trasladarão a outro convento, disse o administrador diocesano.

Acrescentou que as religiosas, que são proprietárias do convento, desejam permanecer, ainda que já não serão reconhecidas pela diocese nem receberão apoio financeiro do laicado diocesano.

Funcionários eclesiais retiraram a Eucaristia do mosteiro na terça-feira à noite.

«Já não terão nenhum sacramento», disse Dom Hebert. Ainda que as excomungadas não podem receber a comunhão, foram convidadas a assistir à missa, explicou.

A Ordem de Nossa Senhora da Caridade e Refúgio começou na França em 1641. Seu convento em Hot Springs foi fundado em 1908 por cinco irmãs da Ordem canadense.