Semear a paz através da linguagem universal da música

Encontro do Papa com Napolitano durante Concerto oferecido pela Orquestra West-Eastern Divan

| 829 visitas

CASTEL GANDOLFO, quarta-feira, 11 de julho de 2012(ZENIT.org) - Às 17h50 desta tarde, o Santo Padre Bento XVI acolheu o Presidente da República Italiana, Giorgio Napolitano, acompanhado pela esposa, no Jardim do Moro do Palácio Apostólico de Castel Gandolfo.

Depois de uma breve conversa no terraço, eles caminharam juntos em direção ao pátio interno do Palácio Apostólico para assistir ao concerto oferecido pela Orquestra West-Eastern Divan conduzido por Daniel Barenboim. O Presidente da República Italiana e a esposa também foram hóspedes do Santo Padre para o jantar.

 O Concerto foi realizado às 18 horas de hoje, Festa de São Bento Abade, Padroeiro da Europa. Após a introdução do cardeal Gianfranco Ravasi, presidente do Conselho Pontifício para a Cultura, a Orquestra executou a Sinfonia n°6 em Fá Maior("Pastoral") e a Sinfonia n°5 em Dó menor de Ludwig van Beethoven.

Após o Concerto Bento XVI dirigiu aos presentes um discurso demonstrando sua imensa gratidão em acolher aquela orquestra, “nascida da convicção, antes, da experiência de que a música une as pessoas, ultrapassando qualquer divisão, porque a música é a harmonia das diferenças, como acontece quando a orquestra começa um concerto, no ‘ritual de afinação’ "afirmou o pontífice. E prosseguiu - “a partir da variedade de timbres de diferentes instrumentos, pode sair uma ‘sin-fonia’. Mas isso não acontece magicamente ou automaticamente!”. Só “é possível através dos esforços do Diretor e de cada músico”, concluiu.

Ao final o Papa agradeceu ao Maestro Barenboim e à Orquestra West-Eastern Divan desejando a cada um deles os melhores votos e orações para continuar a semear a esperança de paz no mundo através da linguagem universal da música.

MEM