Sequestrados dois padres e uma freira em Mosul

Aumenta a tensão no Iraque. Ataque terrorista em Bagdá matou quatro pessoas e feriu mais 12

Roma, (Zenit.org) Redacao | 384 visitas

A situação no Iraque é de emergência. Após o ataque de 9 de junho a cidade de Mosul por insurgentes sunitas liderados por militantes jihadistas do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (Isil) continua a aumentar a tensão no país.

Após o ataque de grupos armados a algumas igrejas ortodoxas e católicas nos últimos dias, depois do sequestro, em 28 de junho, de duas freiras e três órfãos, insurgentes sunitas sequestraram dois padres e uma freira na terça-feira após um ataque a uma igreja. Enquanto isso, quatro pessoas foram mortas e 12 feridas em um atentado suicida em um bairro xiita de Bagdá.

Na mesma cidade, no último sábado, o "Califa" auto-proclamado do "Estado islâmico" entre o Iraque e a Síria, Abu Bakr al Baghdadi (entre os homens mais procurados do mundo), deu um sermão em uma mesquita em Mosul. O vídeo feito pelos rebeldes, as imagens do discurso foram difundidas ao redor do mundo.

(Trad.:MEM)