Shalom se une ao Papa Francisco em dia de oração e jejum pela Síria

A Comunidade reunida em Assembleia Geral lança convocação para os membros espalhados em 64 cidades no Brasil e 25 no exterior

Fortaleza, (Zenit.org) Maria Emilia Marega Pacheco | 545 visitas

A Comunidade Católica Shalom convocou os membros da instituição a se unirem ao Papa Francisco no dia de oração e jejum pela paz na Síria que acontecerá próximo sábado, 7 de setembro. 

A Associação - informa a assessoria de imprensa - encontra-se reunida em Assembleia Geral donde lançou convocação para os membros espalhados em 64 cidades no Brasil e 25 no exterior. “A Comunidade Católica Shalom reunida em Assembleia Geral convoca todos os seus membros a se unirem em oração ao Papa Francisco em seu grande apelo em favor de uma solução de Paz aos conflitos que hoje agitam o mundo, particularmente a Síria”.

“Pedimos que a Comunidade se una aos atos litúrgicos das Igrejas Particulares (dioceses e arquidioceses) de onde esteja presente, além de abrir as portas das nossas casas e centros de evangelização para acolher a todos aqueles que desejem se unir em oração ao grito que se eleva, com crescente angústia, em todos os cantos da terra, em todos os povos, em cada coração, na única grande família que é a humanidade: o grito da paz! (Papa Francisco, Angelus 1 de Setembro 2013)”, diz o texto da nota.

O texto, assinado pelo Fundador e Moderador Geral da Comunidade, Moysés Azevedo destaca “que a oração e o jejum são instrumentos poderosos para mover os corações de todos envolvidos a escutar a voz de suas consciências e impulsioná-los ao encontro, ao diálogo e à paz”.

Ao final, uma mensagem aos membros da Comunidade presentes em situações de conflito. “Especialmente nos unimos e encorajamos os membros da Comunidade que vivem no norte da África e no Oriente Médio, para que nestes momentos de dor a sua Esperança não desfaleça, pois sabemos em quem depositamos nossa confiança: Jesus o Shalom do Pai”.