Símbolos da JMJ iniciam peregrinação pela Diocese de Itaguaí

A programação de acolhida dos símbolos na Diocese foi encerrada com o show do cantor Tony Allisson

Rio de Janeiro, (Zenit.org) | 467 visitas

A Diocese de Itaguaí está em festa com a chegada da Cruz peregrina e do ícone de Nossa Senhora na região. Neste domingo, 23 de junho, data que marcou a contagem regressiva dos 30 dias que antecedem a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Rio2013, os símbolos foram acolhidos na cidade de Seropédica (RJ). Após uma semana de peregrinação pela Diocese de Nova Iguaçu, eles agora percorrerão as paróquias e instituições da Diocese de Itaguaí, penúltima do país a recebê-los antes de chegarem à cidade-sede da JMJ.

A entrega dos símbolos ocorreu no quartel do Exército em Paracambi, onde os jovens de Nova Iguaçu fizeram a passagem da Cruz aos jovens de Seropédica. Antes dos símbolos partirem para o município, eles foram acolhidos pelos soldados do exército.

Os símbolos foram levados para a Paróquia de Santa Terezinha onde uma multidão os aguardava. No fim da tarde, a Cruz e o ícone saíram em procissão pelas ruas de Seropédica. Uma missa campal foi celebrada pelo bispo de Itaguaí, Dom José Ubiratan. Na sua homilia, ele ressaltou o papel da juventude na construção de uma sociedade melhor.

“É um tempo de graça, vocês são jovens não só do futuro, mas do presente também. A Igreja confia muito em vocês para a construção do nosso futuro, que ele seja um futuro próspero, de esperança, progresso, alegria, paz e evangelização. Abramos o nosso coração e recebamos Jesus e Maria com muita alegria. Queremos agradecer a Deus a visita desses sinais sagrados que nos prepara para a Jornada Mundial da Juventude”, disse.

A programação de acolhida dos símbolos na Diocese foi encerrada com o show do cantor Tony Allisson e com a apresentação da quadrilha junina realizada pelos jovens da cidade. A peregrinação pela Diocese de Itaguaí prossegue até o dia 06 de julho, quando finalmente chega à cidade do Rio de Janeiro.

“Estávamos muito ansiosos com visita dos símbolos da JMJ. É uma responsabilidade muito grande entregá-los à anfitriã da grande festa. É uma experiência emocionante receber os símbolos, algo que reaviva, ainda mais, a nossa juventude”, disse o padre Luiz Antônio Dorneles Soares, responsável pelo Setor Juventude da Diocese de Itaguaí.

 Nesta segunda-feira, 24 de junho, os símbolos percorreram algumas paróquias e instituições de Seropédica. Entre elas, foram levados até a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). No local, foi realizado um momento de oração e a via-sacra com os estudantes da instituição. 

“Os símbolos foram acolhidos pelo vice-reitor da universidade rural, a única universidade federal que abriu as portas para os símbolos da JMJ. A ida da Cruz e do ícone ao campus é um sinal de esperança para a comunidade universitária”, afirmou padre Luiz Antônio.

Às 16h, os símbolos partiram em direção à cidade de Paraty, onde foram recepcionados na Igreja de Nossa Senhora dos Remédios. Nesta terça-feira, dia 25 de junho, eles percorrerão as ruas do centro histórico da cidade e, depois, voltarão à paróquia para visitação da comunidade.

 Desde 21 de abril, os símbolos da JMJ percorrem as dioceses do Estado do Rio de Janeiro. Eles já passaram pelas dioceses de Barra do Piraí-Volta Redonda, Valença, Nova Friburgo, Campos dos Goytacazes, Niterói, Caxias e Petrópolis e Nova Iguaçu.

Artigo enviado por Rocélia Santos da Arquidiocese do Rio de Janeiro