Sugestões do Papa à Ordem dos Frades Menores Capuchinhos

Ao receber seu Ministro Geral, Frei Mauro Johri

| 1043 visitas

CIDADE DO VATICANO, segunda-feira, 8 de janeiro de 2007 (ZENIT.org).- Centrado no carisma de São Francisco de Assis, Bento XVI fez sugestões à Ordem dos Frades Menores Capuchinhos (OFMCap), para sua vida religiosa e para obter vocações.



Foi durante a audiência que, entre outras de 5 de janeiro passado, concedeu ao Ministro Geral da Ordem, Frei Mauro Johri, suíço de 60 anos, que está à frente da família religiosa desde setembro passado.

A audiência se desenvolveu em um clima de afável familiaridade, como descreve a Ordem, no qual Bento XVI expressou seu agrado pelo atual número de 11 mil membros deste ramo franciscano e mostrou conhecer diversos temas ligados à vida destes religiosos.

Recordou, de fato, suas visitas, nos últimos meses, a lugares onde os Capuchinhos estão presentes, tais como Manoppello (Itália), Altotting (Alemanha) e Mariam-Ana (Turquia).

De fato, Frei Mauro Johri fez coincidir sua visita aos religiosos de sua Ordem na Turquia, cerca de 25 atualmente, com a recente viagem apostólica de Bento XVI ao país. Concelebrou a Eucaristia com o Papa no santuário da Casa de Maria em Éfeso.

Na véspera da Epifania, após quinze minutos de colóquio, o religioso perguntou ao Papa se tinha uma palavra para os Capuchinhos.

«Vivei o carisma de São Francisco com alegria!», afirmou o Santo Padre.

«Empenhai-vos em viver a pobreza tanto espiritual como materialmente, e vereis que tereis mais vocações -- acrescentou. Não serão tão numerosas como em tempos passados, porque as próprias famílias estão formadas por núcleos pequenos, mas certamente tereis vocações.»

A todos os Frades capuchinhos enviou de coração sua Bênção Apostólica.

Os Capuchinhos surgiram da Ordem dos Frades Menores, fundados por São Francisco de Assis, em 1525, quando alguns Frades Menores das Marcas (região italiana) desejaram viver uma vida de oração e pobreza mais estrita para aproximar-se mais da intenção original de São Francisco.

A denominação «capuchinhos» faz referência à particular forma de seu longo capuz; no começo foi um apelido, mas terminou convertendo-se no nome oficial da Ordem, atualmente presente, com mais de 1.800 comunidades ou fraternidades, em 99 países do mundo.

Mais informação em (http://www.ofmcap.org).