Texto completo do papa Francisco para a instituição da comissão de cardeais

Objetivo é ajudá-lo no governo da Igreja e estudar o projeto de revisão da Cúria Romana

Cidade do Vaticano, (Zenit.org) | 830 visitas

Apresentamos a seguir o texto completo, escrito de próprio punho pelo papa Francisco, que institui um Conselho de Cardeais a fim de ajudá-lo no governo da Igreja e de estudar o projeto de revisão da Cúria Romana.

* * *

Entre as sugestões levantadas antes do conclave, durante as congregações gerais dos cardeais, surgiu a conveniência de instituir um pequeno grupo de membros do episcopado, provenientes de diversas partes do mundo, aos quais o santo padre pudesse consultar, individual ou coletivamente, sobre assuntos específicos. Uma vez eleito na Sé romana, tive a oportunidade de refletir diversas vezes sobre este assunto, considerando que tal iniciativa seria de notável ajuda para realizar o ministério pastoral do sucessor de Pedro, que os irmãos cardeais quiseram confiar a mim.

Por este motivo, no último dia 13 de abril, anunciei a constituição do mencionado grupo, indicando, ao mesmo tempo, os nomes dos cardeais chamados a fazer parte dele. Agora, depois de uma reflexão madura, considero oportuno que tal grupo, mediante o presente documento, seja instituído como um “Conselho de Cardeais”, com a tarefa de me ajudar no governo da Igreja e de estudar um projeto de revisão da constituição apostólica Pastor Bonus, sobre a Cúria Romana.

O conselho será composto pelas mesmas pessoas anteriormente indicadas, que poderão ser interpeladas tanto como conselho quanto individualmente, a respeito dos temas que forem considerados dignos de atenção em cada momento. O conselho, cujo número de integrantes me reservo a faculdade de configurar do modo que vier a ser mais adequado, será mais uma expressão da comunhão episcopal e do auxílio ao munus petrinum que o episcopado difundido pelo mundo poderá oferecer.

Firmado em Roma, em São Pedro, aos 28 de setembro do ano de 2013, primeiro do pontificado.